Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
INVESTIMENTO

Companhia de Gás do AM quer dobrar rede e atender 10 mil clientes até 2023

Campanha de incentivo ao uso do Gás Natural Veicular, a ser lançada pela Companhia nos próximos meses, dará kit GNV a 250 motoristas



g_s_F0D1620E-06C7-42E2-B231-1762226D2EBB.JPG Foto: Reprodução/Internet
26/08/2019 às 12:35

Dobrar a extensão da rede de distribuição gás natural e levar o combustível a mais de 10 mil unidades consumidoras em Manaus. Essas são as metas da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) até o ano de 2023. A ampliação da oferta do gás canalizado terá o foco voltado a zonas com grande concentração de estabelecimentos comerciais e condomínios residenciais.

Alinhada com o plano do Governo do Estado de ampliar a infraestrutura energética e fomentar o desenvolvimento econômico do estado, a Cigás ampliou a sua rede de distribuição de gás natural para atender a todos os segmentos do mercado. Além dos gasodutos que foram implantados no conjunto Vieiralves e no bairro Adrianópolis, a Companhia construiu, no início de 2019, mais 3,5 quilômetros de rede no bairro Parque Dez de Novembro e, já ao longo deste mês de agosto, foram iniciadas as obras para atendimento ao bairro Parque das Laranjeiras.



“O gás natural é uma fonte de energia 40% mais econômica que o GLP (gás liquefeito de petróleo) e, rapidamente, oferece significativa redução de custos para empreendimentos da cidade, enquanto o país vive um momento de sérias dificuldades, apresentando-se como ótima e cada vez mais presente alternativa em diferentes regiões de Manaus e ocupando, ainda, lugar estratégico no desenvolvimento econômico e social de nosso estado”, disse o diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar.

Cenário

Em Manaus, 65% da energia elétrica utilizada é gerada a partir do gás natural, hoje presente em oito usinas termelétricas na capital e cinco no interior, atendendo aos municípios de Coari, Anori, Anamã, Codajás e Caapiranga. O segmento termoelétrico, responsável pelo maior consumo do gás natural no Amazonas, é contemplado pelo combustível desde o início das operações comerciais da Cigás, em 2010.

Ao longo desses nove anos, a rede de distribuição foi ampliada gradativamente, atendendo também indústrias, comércios, postos de combustíveis e, por fim, residências. No Polo Industrial de Manaus, atualmente são abastecidas 45 das mais importantes indústrias do estado com o gás natural canalizado. Dentre os resultados alcançados estão a redução dos custos operacionais, a melhoria nos processos e a contribuição para matriz energética mais limpa.

Com foco no atendimento ao setor do varejo, a Companhia vem disponibilizando o gás canalizado a comércios e residências, inicialmente no Vieiralves. “Para atendimento voltado às residências e comércios, a Cigás já estabeleceu estrutura em três bairros, número que estamos nos esforçando para multiplicar significativamente nos próximos quatro anos”, projetou René Levy Aguiar.

Mais gás

Após implantação da rede de gás no Parque das Laranjeiras, a Cigás seguirá cronograma de atendimento a empreendimentos residenciais coletivos e comércios nos bairros Ponta Negra, Distrito Industrial II, Chapada, avenida Boulevard Álvaro Maia, Dom Pedro, Conjunto Morada do Sol, avenida Torquato Tapajós, avenida Max Teixeira, Condomínio Eliza Miranda, dentre outros. Os investimentos previstos para essas ampliações são de aproximadamente R$ 55 milhões, que serão acrescidos aos cerca de R$ 250 milhões já investidos até o início de 2019.

Somam-se, assim, mais 80 quilômetros de rede aos atuais 120 quilômetros. “O Amazonas possui a maior reserva de gás natural em terra no Brasil, e vamos trabalhar para deixar esse combustível disponível para a sociedade amazonense, que deseja desenvolver suas atividades e reduzir custos”, estimou o diretor-presidente.

Campanha GNV

Duzentos e cinquenta motoristas serão beneficiados com o valor correspondente a conversão do veículo para o Gás Natural Veicular (GNV). A ação, prevista para os próximos meses, será a nova campanha da Cigás visando incentivar o uso do combustível nos veículos e impulsionar esse mercado em Manaus, oferecendo aos condutores uma alternativa competitiva na hora de abastecer. Os detalhes como regulamento, benefício e período de vigência serão anunciados em breve.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.