Publicidade
Manaus
Arte nas ruas

Complexos viários vão receber arte urbana em Manaus

As pinturas vão retratar a história da capital amazonense e a ideia é transformar esses locais em atrativos turísticos 21/07/2016 às 12:18 - Atualizado em 21/07/2016 às 12:19
Show sdkg
Antes de receberam a arte do grafitti, os espaços estão sendo submetidos ao processo de lavagem, pintura e reparos (Foto: Karla Vieira/Semcom)
acritica.com

Uma parceria entre a Prefeitura de Manaus e artistas executores do grafitismo vai dar vida nova às paredes de concreto dos viadutos e passagens de nível da cidade. As pinturas vão retratar a história da capital amazonense e a ideia é transformar esses locais em atrativos turísticos.

Na noite desta segunda-feira (20), um grupo de grafiteiros esteve reunido com o prefeito Arthur Virgílio Neto em frente ao viaduto de Flores, na zona Centro-Sul de Manaus, acertando de que forma conduzirão a pintura. Ação semelhante foi realizada recentemente nos muros do Passeio do Mindu.

O trabalho começará inicialmente pelo Complexo Viário Gilberto Mestrinho, no Coroado, e pelo viaduto do São José, ambos na zona Leste. O viaduto Miguel Arraes, na zona Centro-Sul, também foi incluído nesta etapa inicial. “A ideia é  resgatarmos nossa história para mostrarmos tanto a nossa cidade quanto a nossos turistas. O trabalho dos grafiteiros vai substituir as pichações", destacou Arthur.

O artista plástico Turenko Bessa vê a iniciativa da prefeitura como inovadora, isso porque também vai ajudar a divulgar a arte dos grafiteiros. "O mais importante para nós  é  estarmos ocupando o espaço urbano com o grafitti, que é  uma arte mais trabalhada. Ao mesmo tempo, também evitamos que essas estruturas voltem a ser pichadas”, reforçou Turenko.

Antes de receberam a arte do grafitti, os espaços estão sendo submetidos ao processo de lavagem, pintura e reparos. As ações iniciaram no Complexo Gilberto Mestrinho e ocorrerão somente no período noturno, a partir das 22h, de segunda a sexta-feira. Já aos sábados e domingos os trabalhos continuam e são executados também durante o dia, devido o fluxo de carros ser consideravelmente menor. A previsão é de que o trabalho seja concluído em 60 dias.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade