Publicidade
Manaus
André Araújo

Concursados da Susam fecham avenida em protesto pela demora na nomeação

A Susam nomeou 1.104 concursados em abril deste ano. A segunda convocação deveria acontecer em julho, conforme foi anunciado pela pasta na época. Enquanto isso, a pasta contabilizou apenas 383 demissões dos funcionários terceirizados 01/08/2016 às 12:45 - Atualizado em 01/08/2016 às 14:19
Luana Carvalho Manaus (AM)

Um grupo de concursados da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) fechou a avenida André Araújo, na Zona Centro-Sul de Manaus, em reivindicação a nomeação imediata dos aprovados no certame que aconteceu em 2014. O protesto aconteceu na manhã desta segunda-feira (1) e reuniu pelo menos 100 manifestantes.

Eles fechavam a avenida a cada dez minutos, com pausas para os carros passarem, causando congestionamento na via. Integrante do movimento de concursados da Susam, Bia Pouse, contou que os concursados querem convocação imediata. “Fizemos o concurso com vaga para 11.646 mil vagas. O concurso foi homologado dia 31 de março e até agora só convocaram pouco mais de mil”.

A Susam nomeou 1.104 concursados em abril deste ano. A segunda convocação deveria acontecer em julho, conforme foi anunciado pela pasta na época. Enquanto isso, a pasta contabilizou apenas 383 demissões dos funcionários terceirizados.

“O que eles estão fazendo é ignorar a constituição. Fizemos um concurso público e temos direito a estas vagas, que continuam sendo ocupadas por pessoas desqualificadas, cargos comissionados ou terceirizados. É um tudo uma questão de interesse e enquanto isso nós ficamos nessa espera”, relatou o enfermeiro Rômulo Mendes, 42, que é técnico em nutrição na Susam há 15 anos, mas em 2014 prestou concurso para nível superior.

Já Raimundo Carlos, 45, está desempregado e aguardando ser chamado para o cargo de serviços gerais. “Sou deficiente físico, passei em 7º lugar e ainda não me chamaram. Vivo de ajuda dos parentes. A gente sabe que a maioria dos serviços gerais são terceirizados. Mas se fizemos concurso, por que não nos chamam?”, questionou.

Até às 11h os manifestantes continuavam em frente à sede da Susam. Desde fevereiro do ano passado que o grupo faz constantes manifestações no local, exigindo a nomeação.

SUSAM

A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) informou que está concluindo os estudos para efetuar a segunda chamada dos aprovados no concurso público realizado em 2014, com resultado homologado em 2015. "A Susam esclarece que o processo de nomeação dos concursados está sendo conduzido com o cuidado que o atual cenário econômico do País exige e obedecendo a Lei de Responsabilidade Fiscal".

Na primeira chamada, realizada em abril deste ano, segundo o órgão foram convocados 1.104 aprovados, para o preenchimento de vagas nos quadros da Susam e das Fundações de Saúde, em cargos de nível superior, médio e fundamental.

A Susam destacou que, antes de iniciar a convocação dos classificados de 2014, precisou concluir o processo de nomeação dos aprovados remanescentes do concurso público realizado pelo órgão em 2005. No início de janeiro deste ano, foram chamados para tomar posse 968 candidatos para ocupar cargos na capital e no interior.

 

Publicidade
Publicidade