Sábado, 20 de Julho de 2019
INVESTIGAÇÃO

Condutor de BMW que matou sargento da PM vai se apresentar à polícia após o Carnaval

Advogado do empresário Clóvis de Oliveira Maia Filho, principal suspeito de conduzir o veículo que matou o sargento Sérgio Ramos, deve apresentar o condutor do carro na próxima quinta (15)



bmw_2.JPG BMW que matou o sargento da PM Sérgio Ramos. Foto: Gilson Mello
09/02/2018 às 21:01

O condutor da BMW branca, de placas PHY-5250, que tirou a vida do sargento da Polícia Militar Sérgio Ramos, deve se apresentar em um Distrito Integrado de Polícia (DIP) depois do período carnavalesco. A informação é do delegado Luís Humberto, titular da Delegacia Especializada em Acidente de Trânsito (DEAT).

De acordo com ele, o advogado do empresário Clóvis de Oliveira Maia Filho, principal suspeito de conduzir o veículo no momento do acidente, ocorrido na última quinta-feira na avenida Santos Dumont, no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, entrou em contato com a delegacia, informando que deve apresentar o condutor na próxima quinta-feira (15).

“Eles se prontificaram de vir na manhã de quinta-feira e a princípio será indiciado por homicídio culposo, mas vamos ouvi-lo e ver o que aconteceu”, disse o delegado. No dia do fato, o sargento da PM Sérgio Ramos dos Santos, 49, morreu depois que sua moto colidiu de frente com a BMW do empresário.

O sargento Sérgio Ramos foi enterrado na tarde desta sexta-feira (09) no Cemitério São João Batista, no bairro Nossa Senhora das Graças, na Zona Centro-Sul de Manaus.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.