Publicidade
Manaus
Manaus

Condutores reclamam de congestionamentos na avenida Umberto Calderaro Filho

Motoristas falam em falta de fluidez com a “Faixa Azul”; prefeitura mostra aumento de passageiros 22/08/2015 às 09:02
Show 1
O trânsito no Boulevard Álvaro Maia também foi afetado pela instalação da “Faixa Azul” na Umberto Calderaro Filho
acritica.com ---

Desde que a “Faixa Azul” foi instalada na avenida Umberto Calderaro Filho (antiga Paraíba), na Zona Centro-Sul, há menos de uma semana, no trecho entre a rua Belém e a avenida André Araújo, os condutores de veículos vêm sofrendo com constantes congestionamentos.

Ontem, a via novamente teve forte retenção no fluxo de veículos. Quem precisou passar pela avenida Boulevard Álvaro Maia e pelas ruas Marciano Armond, Terezina e Fortaleza, adjacentes a avenida Umberto Calderaro, teve que exercer bastante a paciência.

Nos horários de pico, a situação é ainda pior, o trânsito praticamente não flui. “É lamentável, sem a Faixa Azul diariamente o trânsito ficava complicado e agora com a instalação desse sistema está pior ainda”, comentou Paulo Silva, 29, motorista.

O objetivo da Prefeitura de Manaus em dar continuidade na implantação da faixa destinada ao transporte coletivo naquela região da cidade é reduzir o tempo de viagem e melhorar o desempenho da operação das linhas de ônibus.

Porém a tal fluidez, bem como a redução do tempo de viagem, não está acontecendo segundo o taxista Mário Andrade Nascimento, 44. “Os táxis têm o direito de percorrer por este espaço (Zona Azul), mas por conta do fluxo de veículos que vêm de outras vias e usufruem a faixa na Umberto Calderaro para ter acesso ao bairro de Petrópolis, Zona Sul, passando ao lado da sede da Sefaz, o trânsito acaba ficando congestionado”, explicou o taxista.

Sinalização

Como medida, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) atua na sinalização horizontal da Umberto Calderaro, na faixa à direita da via. No decorrer da semana, foram instaladas placas de sinalização com informações sobre a área restrita para circulação de ônibus.

Com a sinalização, os condutores terão 30 dias para se adaptar ao novo corredor. Somente depois desse período, a Prefeitura anunciará como será realizada a fiscalização nessas vias.

Eficiência

De acordo com o projeto implementado pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), desde o seu funcionamento, a eficiência das linhas do transporte coletivo que utilizam a Faixa Azul tem inclusive atraído mais passageiros.

Aumento no número de passageiros

Relatórios gerados pelo sistema de bilhetagem eletrônica indicam que houve um aumento de até 20% no número de passagens registradas diariamente de linhas que atendem a avenida Constantino Nery. As linhas que passam pela avenida Umberto Calderaro são as mesmas que seguem no sentido bairro/Centro pela Mário Ypiranga – onde a “Faixa Azul” já funciona. Os coletivos que circulam em ambas as vias saem principalmente de bairros das zonas Norte e Leste com destino ao bairro da Cachoeirinha, na Zona Sul.


Publicidade
Publicidade