Publicidade
Manaus
SELEÇÃO

Confira os critérios da seleção para as escolas de tempo integral da Seduc-AM

O Portal A Crítica enumerou os principais quesitos levados em consideração na seleção. Entre os fatores para ser aceito está a proximidade residencial com a unidade de ensino 20/11/2018 às 09:11 - Atualizado em 20/11/2018 às 17:47
Show show escola ec447f6f 966b 4a04 9f0e 47363fffbf2c
As inscrições vão do dia 3 a 7 de dezembro e são abertas para toda a comunidade escolar, pública e privada, dos ensinos Fundamental e Médio. Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) do Amazonas divulgou o edital, com oferta de 2.401 vagas, do Processo Seletivo para as Escolas Estaduais de Tempo Integral (PSEETI), ano letivo de 2019. O edital estabelece os critérios para que os candidatos sejam aceitos ou não nas instituições de ensino. O Portal A Crítica enumerou os principais quesitos levados em consideração na seleção.

Entre os pontos principais para ser aceito em uma escola de tempo integral está a proximidade residencial com a unidade de ensino. Ou seja, quanto mais perto os candidatos morarem, maiores as chances de serem aceitos. Esse critério é adotado tanto para quem busca uma vaga no Ensino Fundamental Anos Iniciais quanto nos Anos Finais.

Para os Anos Iniciais, a participação em programas sociais do Governo Federal, estadual ou municipal também é critério, assim como a comprovação de renda da família feita por meio de declaração do Imposto de Renda. A família que apresentar o maior número de filhos por responsável legal em idade escolar na educação básica também terá vantagem se combinado com os outros critérios.

Para a seleção do Ensino Fundamental Anos Finais, a Seduc irá cobrar as notas dos componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática. Nas duas seleções, para os casos de empate serão adotados como critério de desempate a menor idade do candidato, considerando-se ano, mês e dia de nascimento.

Prazos e locais de inscrição  

As inscrições vão do dia 3 a 7 de dezembro e são abertas para toda a comunidade escolar, pública e privada, dos ensinos Fundamental e Médio. A inscrição para o ensino fundamental nos anos iniciais (1º ao 5º ano) será realizada somente na escola onde o candidato deseja a vaga. Para o ensino fundamental nos anos finais (6º ao 9º ano) e para o ensino médio (1ª a 3ª série) será realizada em qualquer uma das escolas estaduais do Amazonas que tenha acesso on-line ao Sistema de Gestão Educacional do Amazonas (Sigeam).

O PSEETI é integralmente gratuito e atenderá 28 escolas de tempo integral da capital e uma de Parintins. O edital com todas as informações e a relação das escolas de tempo integral pode ser conferido no site www.educacao.am.gov.br.

Da seleção do candidato

Ensino Fundamental – Anos Inicias (1º ao 5º ano)

1. Proximidade residencial do candidato – ou seja, o mesmo residir em um dos bairros ou sub-bairros que estejam incluídos dentro do raio de atendimento da escola desejada (Anexo I);

2. Comprovação de participação da família em programas sociais do governo federal, estadual ou municipal;

3. Maior número comprovado de filhos do responsável legal, em idade escolar na educação básica;

4. Comprovação de renda da família feita por meio de declaração de rendimentos ou declaração do imposto de renda;

5. Em caso de empate, o critério de desempate será a menor renda salarial da família;

6. Persistindo ainda o empate, adotar-se-á o critério de menor idade do candidato, considerando ano, mês e dia de nascimento

Ensino Fundamental – Anos Finais (6º ao 9º ano) / Ensino Médio (1ª a 3ª série)

1. A média da somatória das notas dos componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática, considerando-se:

a) Maior soma das notas em Língua Portuguesa;

b) Maior soma das notas em Matemática;

c) As notas dos componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática serão obtidas por meio do rendimento escolar até o 3o bimestre de 2018, lançadas no sistema SIGEAM, para candidatos oriundos da Rede Pública Estadual do Amazonas;

d) Para os candidatos oriundos de outras redes de ensino, serão considerados os conceitos convertidos ou as notas obtidas até o 3º bimestre ou equivalente, constantes no boletim escolar (original e sem rasuras).

e) As somatórias das notas dos componentes curriculares deverão seguir o padrão da rede estadual, mínimo 18 (dezoito) pontos e máximo 30 (trinta) pontos até o 3º bimestre. Os ensinos e redes que possuem notas com padrões diferentes, terão as notas equivalidas para o padrão da rede estadual do Amazonas.

2. Havendo empate, adotar-se-á como critério de desempate a menor idade do candidato, considerando-se ano, mês e dia de nascimento.

Publicidade
Publicidade