Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019
CRIME

Major da PM é suspeito de estuprar colega dentro de quartel, diz polícia

O fato teria ocorrido na Avenida Tefé, no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus e foi registrado na Delegacia de Crimes Contra a Mulher no último dia 17 de abril. Caso será investigado pela Polícia Civil



PM_AGORA_1.jpg (Foto: Márcio Silva)
26/04/2017 às 11:25

O major da Polícia Militar do Estado do Amazonas, Marivaldo de Souza França Filho, é o principal suspeito de ter estuprado uma soldado no dia 28 de março de 2017. O Boletim de Ocorrência (BO) do caso foi registrado pela Polícia Civil. 

O fato teria ocorrido na Avenida Tefé, no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus e foi registrado na Delegacia de Crimes Contra a Mulher no último dia 17 de abril. Segundo o registro, os dois tiveram um relacionamento amoroso durante 8 meses. O término aconteceu em outubro de 2016. 



Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, a vítima relata que no dia 28 de março, o major pediu para que ela levasse alguns documentos do quartel na sala dele.

Quando a vítima chegou a sala, o major teria trancado a porta, afirmando que ainda gostava da mesma. Em seguida, ele pediu para a vítima ficar quieta, e ameaçou transferir a soldado e seu esposo para lugares distantes da capital e distintos. Foi quando a mesma cedeu e teve a conjugação carnal. 

De acordo com o BO, o autor seria o comandante do 1º Batalhão da Força Tática.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo apurado pela especializada, e assim que concluído o inquérito será encaminhado à justiça competente.

Por meio de nota, a PM disse que está tomando todas as providências que o caso requer dentro das diretrizes do Regimento Interno com o direcionamento da Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.