Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
AMANTES DE VINHO

Confraria de Vinho recebe 'wine influencer' Leandro Baena, em Manaus

No próximo dia 20 de setembro, ele desembarca em Manaus onde participará da Confraria Vinhos e Elas, que acontece no Zefinha Amazonas, Nossa Senhora das Graças



dwweee_92E508CF-934C-4819-8B43-541909052632.JPG Foto: Divulgação
09/09/2019 às 10:59

Foi durante uma viagem com a família a Portugal que, sem pretensão nenhuma, o médico Leandro Baena teve seu primeiro contato mais a fundo com o universo dos vinhos. Após percorrer dois mil quilômetros visitando e explorando vinícolas em terras lusitanas, ele se apaixonou. No próximo dia 20 de setembro, ele desembarca em Manaus onde participará da Confraria Vinhos e Elas, que acontece no Zefinha Amazonas, Nossa Senhora das Graças, Zona Centro Sul, a partir das 21h.

“Assim que voltei ao Brasil, me matriculei na Associação Brasileira de Sommeliers porque eu queria estudar vinho e passei a compartilhar aquilo no Instagram para ajudar os outros a estudarem também, sem nem saber no que ia dar”, revela.



Desde então, três anos se passaram e Leandro viu sua vida virar de ponta cabeça por conta dessa paixão. Hoje atende pela alcunha de Choro da Videira, como é conhecido por seus mais de 50 mil seguidores na rede social. Passou a conciliar a rotina de cirurgião vascular com a de sommelier e wine influencer, viajando o país para propagar a cultura vínica. 

No próximo dia 20, ele desembarca em Manaus onde participará da Confraria Vinhos e Elas, que acontece no Zefinha Amazonas, a partir das 21h. No evento, o influencer compartilhará suas experiências como sommelier e estará a disposição para bater um papo e esclarecer dúvidas com os participantes. 

O evento traz como tema “Brasilidades”, promovendo uma noite com os principais rótulos produzidos no país. Nas redes sociais, Leandro é um dos principais defensores dos vinhos nacionais.

“A qualidade dos vinhos nacionais não deve nada para qualquer vinho do mundo. Nossos espumantes já estão entre os   melhores do planeta, vários tintos espetaculares, brancos e roses também. Inclusive o Brasil tem ganhado diversos prêmios importantes no exterior e, como tem acontecido bastante, parece que é muito mais fácil ter o reconhecimento lá fora, antes de ter o reconhecimento aqui”, opina.

Todos podem

“Vinho bom é aquele que você gosta”. A frase é repetida quase que como um mantra virtual por Leandro em suas redes sociais. Levantando a bandeira da simplicidade, defende que é possível apreciar um bom vinho e se aprofundar no assunto independente da condição financeira.

“Meu objetivo maior é ajudar, é mostrar que você não precisa saber muito, que pode tomar vinho de qualquer jeito, em qualquer taça, é óbvio que tudo isso faz muita diferença, mas se você não tiver as condições perfeitas, pode tomar vinho do mesmo jeito”.

Calor amazônico

Em uma crescente ascensão de popularidade, o vinho tem se tornado figurinha cada vez mais presente nas ocasiões sociais do manauara. Ainda assim, a região é assolada pelo mito de que vinhos e as altas temperaturas não combinam. Segundo Leandro, não há motivos para se preocupar, pois existem formas de contornar a situação, aproveitando ainda para desfrutar com a gastronomia amazônica. 

“Se é muito calor e tem muito consumo de peixe, porque não lançar mão dos vinhos mais versáteis que a gente pode ter que são os espumantes? São extremamentes versáteis, um dos poucos que você consegue harmonizar uma refeição da entrada à sobremesa. Brancos e rosés com acidez mais alta também trazem uma sensação de frescor muito boa. Se a pessoa quiser ficar nos tintos, existem tintos mais leves que você pode consumir em uma temperatura mais baixa e inclusive espumantes tintos”, conclui.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.