Publicidade
Manaus
TRÂNSITO

Congestionamento pesado no entorno dos locais de prova do concurso do TRT

Provas acontecem na manhã e tarde de hoje, com 76 mil inscritos; maior volume é para provas do nível Médio, com mais de 52 mil candidatos 19/02/2017 às 08:32 - Atualizado em 19/02/2017 às 08:59
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Com mais de 76 mil inscritos no total, as provas para o concurso do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) 11a Região - Amazonas e Roraima acontecem na manhã deste domingo em Manaus. E com um grande volume de candidatos, o congestionamento foi pesado no entorno dos locais de provas.

Na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), localizada no bairro Japiim, Zona Sul de Manaus, milhares de inscritos chegaram cedo na universidade para fazer a prova e concorrer às vagas destinadas a técnicos judiciários, de nível Médio. Para estes cargos, são mais de 52 mil inscritos Os portões foram abertos às 7h e a prova iniciou às 8h. A grande quantidade de pessoas ocasionou em um congestionamento nas avenidas Rodrigo Otávio e Carlos Drumond de Andrade. Muitos candidatos decidiram ir a pé nas proximidades. 

A controladora de custos Denise Borges, 22, foi uma dessas candidatas. Apesar de admitir não ter se preparado totalmente para a prova, ela se diz confiante. "A concorrência é bem grande, mas me garanto em algumas áreas que foquei nesses últimos dias", contou ela.

Quem se preparou para a prova também aproveitou a manhã para revisar o conteúdo. "Estudei bastante para esse concurso e a minha expectativa é muito boa. Vou focar nas áreas específicas do cargo que estou concorrendo e estou confiante", disse estudante de Administração Marina Almeida, 23.

A estudante de Direito, Daiane Campos, 32, também disse ter uma boa expectativa para o certame por possuir contato com conteúdo da prova. "Sou finalista então tenho bastante entendimento do que pode ser cobrado. Acho que vai ser um ponto a mais, apesar da concorrência", disse ela. 

Provas

No período da tarde, provas para os cargos de Analista Judiciário e todas as áreas e especialidades serão realizadas. Para todos os cargos serão aplicadas provas objetivas de múltipla escolha, que versarão sobre assuntos constantes do conteúdo programático de conhecimentos gerais e específicos. Serão 70 questões para os cargos de nível superior e 60 para os cargos de nível médio.

São 32 vagas para nível superior com remuneração inicial de R$ 10.119,93, mais gratificação de R$ 1.702,87, nas especialidades Administrativa, Judiciária, Oficial de Justiça Avaliador Federal, Arquitetura, Arquivologia, Contabilidade, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Estatística, Serviço Social, Tecnologia da Informação, Medicina do Trabalho, Psicologia e Odontologia. Já as vagas para nível médio são 33, com renumeração de R$ 6.167,99 nas especialidades Administrativa, Tecnologia da Informação, Enfermagem.

Publicidade
Publicidade