Publicidade
Manaus
DESBLOQUEIO DE CONTAS

Conselheiro do TCE-AM vai avaliar pedido de David Almeida até o final do dia

O conselheiro aguarda o processo que está em mãos do Ministério Público de Contas (MPC) sobre o pedido do governador David Almeida para desbloqueio das contas 10/05/2017 às 11:42
Show jp
(Foto: Euzivaldo Queiroz)
Geizyara Brandão Manaus (AM)

Até o final do dia, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Júlio Pinheiro, vai avaliar o pedido do governador David Almeida (PSD) para o desbloqueio das contas do Governo do Estado.

De acordo com o presidente do TCE-AM, Ari Moutinho Júnior, está tudo dentro da normalidade para traçar metas para os próximos 90 dias, tempo previsto para que Almeida fique no cargo de governador. "Foi uma medida específica para o governo passado em virtude da grande quantidade em um curto espaço de tempo. O que posso dizer é que o Estado está avançando, está na normalidade", garantiu o presidente.

O relator das contas do governo de 2017, Júlio Pinheiro enfatizou que as contas não estão engessadas, uma vez que as despesas continuadas podem ser realizadas normalmente. "O que foi bloqueado é que não houvesse pagamento pelo governo anterior, ou quem estivesse em exercício", disse.

O conselheiro aguarda o processo que está em mãos do Ministério Público de Contas (MPC) sobre o pedido do governador David Almeida para desbloqueio das contas. "Por uma questão de obedecer um rito, porque a representação foi do Ministério Público, a mim foi encaminhado um pedido do atual governador e nele faz referência ao pleito, à representação do Ministério Público", contou Pinheiro.

Uma reunião foi marcada no TCE-AM para as 14h desta quarta-feira (10).

Publicidade
Publicidade