Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Manaus

Contratos entre Delta e administração pública estão proibidos, segundo a CGU

No Amazonas a empresa tem quatro contratos celebrados para a locação de viaturas para o programa Ronda no Bairro



1.gif Contrato com a empreiteira prevê aluguel de 252 veículos com equipamentos eletrônicos para programa de segurança Viaturas alugadas pela Secretaria de Segurança
12/06/2012 às 18:55

A Controladoria-Geral da União (CGU) decidiu, com base na conclusão de um processo administrativo, que a empresa Delta é inidônea para contratar com a administração pública.

O processo foi aberto para apurar irregularidades levantadas durante a Operação Mão Dupla, deflagrada pela Polícia Federal, CGU e Ministério Público, em 2010, algumas delas em contratos para obras rodoviárias do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).



A investigação aponta que pessoas responsáveis por fiscalizar esses contratos foram beneficiadas com passagens, pagamento de alimentação, entre outros, tudo promovido pela própria empreiteira. Os servidores envolvidos também respondem a processos administrativos.

A empresa alegou que os benefícios faziam parte de contratos, segundo informações do portal Folha.com.

No Amazonas a empresa possui quatro contratos para a locação de viaturas para o programa Ronda no Bairro.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.