Publicidade
Manaus
Manaus

Controladoria-Geral da União constata irregularidades na Prefeitura de Iranduba

Relatório da 36ª Etapa do Programa de Fiscalização a partir de sorteios, aponta problemas na gestão do ex-prefeito do município Nonato Lopes 22/01/2013 às 09:04
Show 1
Para a CGU, administração de Nonato Lopes falhou na aplicação de recursos
Rosiene Carvalho ---

A 36ª Etapa do Programa de Fiscalização a partir de sorteios, feita pela Controladoria-Geral da União (CGU), revelou, nesta segunda-feira (21), uma série de irregularidades na aplicação de recursos federais no Município de Iranduba (a 25 quilômetros a sudoeste de Manaus).

A CGU indica que, sob a gestão do ex-prefeito Nonato Lopes (PMDB), a administração da cidade falhou na aplicação dos recursos federais com a falta de comprovação da aplicação da verba, desvio de finalidade, retirada de dinheiro de contas exclusivas de educação e saúde sem comprovação do destino final, entre outros problemas.

O relatório disponibiliza informações sobre a fiscalização feita no ano passado em 24 municípios do País analisando vários programas que envolvem repasses do Governo Federal. No Amazonas, o único município sorteado pela CGU foi o de Iranduba. Praticamente todos os programas analisados foram apontados com falhas de execução ou do uso do dinheiro público.

Parte da análise feita pelos técnicos da CGU foi prejudicada pela falta dos documentos necessários à fiscalização. É o caso da análise feita no repasse de R$ 3,139 milhões para a expansão dos serviços de saúde na cidade. A CGU indica que faltou documento sobre o uso da verba. Até informações sobre as licitações eram incompletas.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).

Publicidade
Publicidade