Publicidade
Manaus
Manaus

Corpo de taxista é encontrado boiando em igarapé bem próximo à ponte do bairro Educandos

Vítima teria sido empurrada da ponte após um latrocínio. A polícia não confirmou se havia marcas de tiro ou agressão no cadáver 13/03/2015 às 09:42
Show 1
Exames confirmarão a causa da morte do taxista
VINICIUS LEAL Manaus

O corpo do taxista José Américo Nogueira da Silva, 61, foi encontrado no início da manhã desta sexta-feira (13) boiando no igarapé que corta o bairro do Educandos, na Zona Sul de Manaus. O cadáver estava bem próximo à ponte do Educandos. A Polícia Civil investigará a morte.

As informações foram confirmadas pela assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, órgão que fez o resgate do corpo. A população local avistou o cadáver e acionou a Polícia Militar, que então ligou para os bombeiros. O corpo do taxista teria sido empurrado da ponte sobre o igarapé.

Conforme policiais da 2ª Companhia Interativa Comunitária, que atuaram na ocorrência, a suspeita é que José Américo tenha sido morto em um latrocínio, roubo seguido de morte. O cadáver foi levado para o Pelotão Fluvial e, em seguida, recolhido pelo Instituto Médico Legal.

Policiais afirmaram que não foi possível verificar marcas de tiro ou de agressão no corpo do taxista, e nem confirmar se José foi jogado da ponte ainda com vida. A forma da morte só poderá ser conhecida após exames no IML e investigação da Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS).


Publicidade
Publicidade