Publicidade
Manaus
Manaus

Corpo de travesti assassinado a pedradas é encontrado em terreno baldio no Cidade de Deus

Vítima teria sido espancada até a morte com uma pedra e ainda sofrido violência sexual. Sem identificação e não reconhecida por moradores, travesti era morena e estava vestida de bermuda jeans e top preto 12/01/2015 às 11:40
Show 1
Travesti era morena e tinha entre 17 e 18 anos
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O corpo de uma travesti assassinada a pedradas foi encontrado no início da manhã desta segunda-feira (12) em um terreno baldio com uma construção na rua Wallace Souza, conjunto Gustavo Nascimento, no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus. A vítima não foi identificada e nem era conhecida por moradores do local.

Com sinais de que tenha sido espancada até a morte com uma pedra e tenha sofrido violência sexual, a vítima era morena e estava vestida com uma bermuda jeans e uma camisa top de cor preta, além de sandálias de cor rosa. A polícia não encontrou documentos junto ao corpo, que tinha cabelos longos e aparentava ter entre 17 e 18 anos.

A pedra usada para assassinar a vítima ainda estava no local do crime, que também mantinha vestígios de sangue no chão. Por tais características e devido o corpo ter sido encontrado por volta das 5h30, a polícia acredita que a travesti foi assassinada também no início da manhã, e não durante a madrugada.

Vizinhos que ficaram até 3h acordados por causa de uma festa relataram que não ouviram barulho ou gritos de socorro. Outra travesti moradora da área foi ao local para tentar identificar a vítima, mas ninguém a conhecia. O corpo foi periciado e recolhido pelo Instituto Médico Legal e o caso será investigado na Delegacia de Homicídios (DEHS).

Publicidade
Publicidade