Publicidade
Manaus
ZONA NORTE

Corpo de universitária é encontrado com sinais de estupro no Santa Etelvina

Mãe de Sara Ferreira dos Santos, 20, relatou à reportagem que a jovem saiu de casa para ir a uma festa no último sábado (21) 24/10/2017 às 17:36 - Atualizado em 25/10/2017 às 08:29
Show jovem 123
Foto: Danilo Alves
Danilo Alves Manaus (AM)

O corpo da universitária Sara Ferreira dos Santos, 20, foi encontrada na manhã desta terça-feira (24), com golpes de arma branca e sinais de estupro na comunidade Paraíso Verde, no Ramal do Acará, bairro Santa Etelvina, na Zona Norte de Manaus.

Conforme a mãe da jovem, de 38 anos, que não quis se identificar, Sara foi vista pela última vez, na noite de sábado (21), em uma festa na quadra da escola de samba Sem Compromisso, no bairro Nova Cidade.

“Ela não tinha nenhum vício, apenas bebia socialmente. Era uma garota animada e gostava de sair. Ela combinou com as amigas de ir para essa festa e eu disse tudo bem. Não estava em casa quando ela saiu, mas esperei ela voltar. Como isso não aconteceu, nós começamos a procurar e hoje reconheci minha própria filha morta e com sinais de estupro. Essa é a pior dor que uma mãe pode sentir”, lamentou.

Conforme laudo preliminar do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), Sara pode ter sido estuprada antes de ser morta com duas facadas no ombro esquerdo.

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) informou que a jovem chegou a ir à festa, quando não foi mais vista pelas amigas. Segundo a PC, as informações ainda estão sendo coletadas no Instituto Médico Legal (IML) e a família deve prestar depoimento na delegacia ainda nesta terça-feira.

Publicidade
Publicidade