Publicidade
Manaus
Manaus

Corrida às compras no período de Natal inicia em Manaus

Lojas se preparam para vendas no período natalino enquanto clientes antecipam compras para evitar filas, demora no atendimento e carestia de produtos 23/11/2014 às 20:27
Show 1
Desde o início de novembro começou a procura por artigos natalinos
CAMILA LEONEL Manaus (AM)

Faltando um mês para o Natal, a maratona das compras de fim de ano vem intensificando a quantidade de pessoas no centro de Manaus. Em novembro, muitos adiantam as compras para não enfrentar filas e sufoco nas lojas durante o mês de dezembro.

E é em novembro também que os compradores vão atrás de artigos natalinos para decorar a casa nas festas de fim de ano. Em uma das lojas de variedades, o setor mais movimentado é o de produtos de decoração para o natal e o que se são carrinhos, cestas de compras cheias de bolas, guirlandas, enfeites para árvore de Natal entre outros.

A cobradora de ônibus, Karla Medeiros, que sempre deixa para fazer suas compras de fim de ano para depois do dia 5 de dezembro, resolveu adiantar as compras. “Vim comprar os enfeites de Natal: árvores, bolinha, tudo. Na verdade eu não tenho valor exato para gastar, eu vou pegando o que preciso o que acho que deve pegar e compro”, disse.

Para a secretária parlamentar Socorro Costa, o importante é pesquisar para fazer compras em lojas onde o preço esteja em conta. “Dependendo do local o preço pode estar mais em conta ou pode estar mais caro e aí tem que pesquisar, como todo ano eu compro esse ano eu estou procurando economizar mais porque eu tenho outras prioridades para enfeite de Natal”.

Apesar de querer economizar, a secretária conta que procurou diversificar nos enfeites deste ano. “Eu estou comprando uma diversidade de bonequinhos e meias porque esse ano eu quero botar mais bonequinho do que bola na árvore, aí eu tô comprando porque o preço está bom.

Fornecedor

O gerente de Marketing do Atacadão Tropical, Tiago Grilo, contou que as vendas para o Natal começaram no dia 25 de setembro e o volume de mercadorias para este fim de ano aumentaram 20%. Entre as novidades mais procuradas, estão as estampas em “animal print” (estampa de bichos). Grilo conta que a estimativa é que as vendas continuem aquecidas nos próximos 15, 20 dias já que a venda de enfeites começa a di minuir com a proximidade do natal.

“As pessoas estão comprando mais porque esse foi um ano atípico com Copa, eleições e por ter um ano difícil economicamente, as famílias se aproximaram mais e no fim de ano tem todo aquele apelo do natal e isso faz as pessoas se animarem para comprar, enfeitar a casa, fazendo com que aconteça um ‘upgrade’ nas vendas”, disse.

Nos shoppings populares e nas galerias, o movimento é um pouco mais fraco. A vendedora Graça Santos contou que as vendas estão devagar, mas que já melhoraram desde que ela começou a vender na Galeria Espírito Santo.

“Na rua, uma época dessas, a gente já estaria ‘bombando’, mas eu espero que em dezembro as vendas melhorem”. Já para Regina Aguiar, que tem uma banca de artigos natalinos e brinquedos na galeria a questão é os clientes se habituarem a ir ao local fazer suas compras. “Aqui o movimento ta melhorando, as pessoas estão acostumando a vir comprar aqui. Hoje, os principais clientes são as pessoas que trabalham aqui perto”.

Economizar

Apesar do País não viver um bom momento financeiro, as pessoas não estão se preocupando muito em economizar no fim do ano. A aposentada Oscarina da Silva achou os preços um pouco salgados, mas que não abre mão de procurar novidades para a época.

Publicidade
Publicidade