Quinta-feira, 20 de Junho de 2019
COMBUSTÍVEIS

CPI dos Combustíveis é instalada na Assembleia Legislativa do Amazonas

Anúncio foi feito pelo presidente da Casa Legislativa, deputado Josué Neto, na abertura dos trabalhos hoje. A CPI deve investigar suspeita de cartel entre os donos de postos de Manaus



show_Pre_o-da-gasolina-diminui-e-do-diesel-sobe-hoje-nas-refinarias-768x512_5883F01A-71D4-4558-90F7-D19C977284FB.jpg Foto: Arquivo A Crítica
28/03/2019 às 09:53

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que deve investigar a suspeita de existência de um cartel entre os donos de postos combustíveis de Manaus, chama de CPI dos Combustíveis, foi instalada nesta quinta-feira (28) na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM). Anúncio foi feito pelo presidente da Casa Legislativa, deputado Josué Neto (PSD), na abertura dos trabalhos hoje.

Conforme denúncias, os donos de postos combinam o tabelamento de preços dos combustíveis, principalmente a gasolina, independentemente dos reajustes feitos pelas petrolíferas. A decisão de Josué Neto de instalar a CPI dos Combustíveis pegou de surpresa até mesmo o autor do pedido da comissão parlamentar, deputado Álvaro Campelo (PP), que até as 9h30 de hoje buscava informações junto à Mesa Diretora sobre os integrantes da CPI. 

“É uma grande vitória para o povo do Amazonas. É algo aguardado há muito tempo pelos consumidores, por causa do nivelamento de preços, o preço que se paga pela gasolina no interior e uma série de situações que vamos aprofundar”, disse Álvaro Campelo à coluna SIM&NÃO do jornal A Crítica.

Entre os integrantes da CPI dos Combustíveis, foram anunciados os nomes dos deputados Abdala Fraxe (Podemos) e Fausto Jr (PV), “antigos e os novos deputados”, respectivamente, além das deputadas Joana D’arc (PR) e Alessandra Campelo (MDB).

‘Incomodado’

A coluna SIM&NÃO de hoje publicou que Josué Neto havia se mostrado incomodado, ontem, com a cobrança para a instalação da CPI. Ontem mesmo o coordenador do Procon Manaus, Rodrigo Guedes, foi à ALE-AM fazer campanha pela instalação da CPI. “Não adianta plantar notícia em portal, jornal, TV. É nossa obrigação analisar tudo de forma técnica”, disse Josué.

Conforme disse ontem o presidente da Assembleia, só “em 48h”, a contar de ontem, uma reunião com líderes partidários e membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) poderia definir o futuro da CPI. Ainda segundo a coluna SIM&NÃO, Adjuto Afonso (PDT) e Abdala Fraxe (Podemos), que nos bastidores jogavam contra a CPI dos Combustíveis, não escondiam a alegria durante a sessão de ontem na Assembleia.

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.