Sábado, 31 de Julho de 2021
EDUCAÇÃO

Creche manauara cria escola para ajudar a preparar pais de alunos

No encontros serão debatidos temas como formas de criar conexão com as crianças e a importância do tempo de qualidade juntos



bebe_escola_43B53451-C4CA-4D80-A2C6-07ECF2ECAC62.JPG Foto: Divulgação
03/01/2020 às 18:31

Psicólogos e pedagogos alertam: cada vez mais, crianças e jovens estão adoecendo emocionalmente, com doenças graves e, muitas vezes, silenciosas. Eles se referem aos distúrbios comportamentais e aos desarranjos psicológicos frutos, sobretudo, de um modo de vida que privilegia o ter ao invés do ser, da exposição excessiva à tecnologia e a ausência de limites claros e bem definidos.

Certamente, você deve estar pensando: “meu filho, não...”. Mas, na prática, o que podemos fazer para proteger e ajudar essa nova geração tão cheia de desafios pela frente e com bases emocionais tão frágeis? A resposta é simples: a mudança deve se encontrar primeiramente nos pais.



“Os pais são peças chave para um mundo melhor. Muitas vezes, eles nem se dão conta, mas determinam nitidamente a maneira de ser dos filhos”, explica a pedagoga Annik Valentine, com mais de 30 anos de experiência em educação infantil.

A profissional se diz assustada com o que vê. “Faz tempo que a gente percebe a dificuldade das famílias de lidar com as crianças. Na minha juventude, os filhos eram importantes, mas não eram o centro de tudo. Agora, parece que mandam, ou melhor, comandam os pais”, completa a especialista.

Preocupada com isso, a Creche Escola Bebê Bombom, na Zona Centro- Sul de Manaus, ousou e criou a Escola de Pais, um serviço gratuito para os familiares dos alunos. O nome é autoexplicativo, um espaço para quem quer aprender de forma prática como educar com eficiência, sem culpas e com segurança.

A ideia é preparar os pais para evitar problemas no futuro. Entre os temas, “como criar conexão com as crianças” e “a importância do tempo de qualidade juntos”.

A coaching Munira Rocha foi uma das palestrantes neste ano. Ela conta que a experiência foi excelente. “A importância da participação dos pais e a mediação da escola na comunicação, no trato com as crianças, é realmente a mudança de mentalidade”, comenta.

“Hoje todo mundo está entendendo que não basta educação intelectual, o que faz a pessoa realizar ou não realizar, conquistar ou não conquistar, é a capacidade de superar obstáculos e nossas crianças precisam ser fortalecidas e isso começa por pais mais seguros, assumindo o controle da situação”, conclui.

“Participei de todos os encontros até agora e foi sensacional! A Escola de Pais mudou minha relação em casa, não só com minhas filhas, mas com o marido também. Passamos a aproveitar nosso tempo juntos e a interagir melhor em família. Não vejo a hora de conhecer a programação do próximo ano”, comenta Márcia Andrade, mãe de uma aluna.

Em 2020, a Bebê Bombom deverá ter Escola de Pais todos os meses e até quem não tem filho matriculado no colégio poderá ter acesso a conteúdos relacionados às temáticas pela internet. Mais informações pelo @crechescolabebebombom ou 3611-4902.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.