Publicidade
Manaus
Manaus

Criança de 12 anos morre depois de encontrar arma em Iranduba

O primo de Lucas, de apenas 7 anos, teria sentado na cama e atirado, de baixo para cima, no queixo da vítima que morreu na hora 08/03/2013 às 10:07
Show 1
O delegado titular do 31º Distrito Integrado de Polícia, Elcy Barroso, ouvirá nos próximos dias as testemunhas e parentes da vítima
Bruna Souza Manaus, AM

Uma criança de 12 anos morreu com um tiro no queixo na noite desta quinta-feira (7), por volta das 20h, durante uma brincadeira no município de Iranduba, localizado a 27 quilômetros em linha reta de Manaus.

Lucas Renan Prado da Silva, 12 anos, brincava com um primo de apenas sete anos em sua casa, situada na rua  Rio Pardo, bairro Alto. De acordo com informações de familiares, quando eles entraram no quarto, encontrarm em uma gaveta, um revólver calibre 38 e as munições e começaram a brincar de ‘roleta russa’. O menor teria sentado na cama e atirado, de baixo para cima, no queixo de Lucas que morreu na hora.

As informações sobre a quem pertenceria a arma de fogo são desencontradas. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o pai da vítima seria o dono da arma e a utilizava para caçar. Já segundo a família da criança que morreu, a arma pertenceria ao cunhado do pai de Lucas, que a usava para a sua defesa pessoal.

O delegado titular do 31º Distrito Integrado de Polícia, Elcy Barroso, ainda ouvirá as testemunhas e parentes da vítima, nos próximos dias, para confirmar as versões. O corpo de Lucas foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e aguarda liberação da família, que está abalada após a morte acidental da criança.

Publicidade
Publicidade