Publicidade
Manaus
Manaus

Criança que caiu em bueiro levado por forte chuva recebe alta

Segundo a polícia, o garoto percorreu mais de 400 metros entre as tubulações até cair em um igarapé da Zona Norte de Manaus 13/09/2013 às 11:55
Show 1
Após passarem a noite no hospital, mãe conta que filho sobreviveu por um 'milagre'
OSWALDO NETO Manaus (AM)

O menino Samuel da Silva Rodrigues, 6, que caiu em um bueiro após ter sido levado por uma enxurrada causada pela forte chuva que atingiu Manaus na última quarta-feira (11) recebeu alta. Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital Pronto Socorro Joãozinho, Zona Leste, o garoto deu entrada ontem às 21h45 e foi liberado às 11h desta quinta-feira (12) após ter passado pro procedimentos ortopédicos e neurológicos, além de receber hidratação com soro e exames de urina e fezes.

A criança sofreu o acidente por volta das 17h de quarta-feira quando voltava da Escola Municipal Francisco Pereira de Araújo com a avó e a irmã, de 7 anos. Ao chegarem na residência, localizada na rua México, conjunto Parque das Nações, bairro Flores, Zona Norte de Manaus, os dois teriam que passar por um bueiro que fica em frente a casa, porém o garoto deixou a mochila cair e avó se agachou para pegá-la. Neste momento, o menino teria se desequilibrado com a força da corrente de água e caído na tubulação.

De acordo com o soldado Gerson da 12ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e responsável pela operação de resgate, o garoto percorreu pouco mais de 400 metros entre as tubulações até cair no igarapé Nilton Lins, ainda no conjunto Parque das Nações. A criança foi encontrada desacordada pelos policiais, boiando na água.

Segundo a mãe, Josiane Rodrigues, 29, que estava no trabalho no momento do acidente, foi uma amiga da família que efetuou os procedimentos de primeiros socorros após a criança ter sido localizada. “Tenho uma amiga que é técnica de enfermagem e ela fez respiração boca a boca no meu filho... se não fosse isso, não sei se ele estaria vivo”, conta.

Dentro da viatura policial, a caminho do hospital, o menino sofreu uma parada cardíaca visto a grande quantidade de água que ingeriu. De acordo com o soldado, as instruções oriundas dos bombeiros foram essenciais. “Ligamos para os Bombeiros, porém eles não teriam como chegar ao local a tempo. Eles nos repassaram algumas instruções, como manter a cabeça do garoto reta e não deixá-lo fechar os olhos, e isso foi fundamental pra salvar a vida dele”, disse.

Seminf visita local do acidente

Segundo Josiane, às 11h desta quinta-feira (12), funcionários da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) inspecionaram o local após o incidente. Bem perto do bueiro, crianças da vizinhança brincam livremente, sem muita supervisão.

De acordo com um morador que preferiu não se identificar, ainda existem outros bueiros sem tampas na área e, os poucos que ainda apresentam proteção, foram tampados pelos próprios moradores, que fabricaram artesanalmente as peças.

Publicidade
Publicidade