Publicidade
Manaus
FUTURO

Crianças mostram, com desenhos, aquilo que desejam na Manaus dos sonhos

Ação realizada na manhã desta sexta-feira, no bairro São Jorge, foi organizada pela ONU Habitat e vai transformar os desenhos em projetos a serem desenvolvidos na cidade 12/10/2018 às 14:00
Show  mg 6014 5d115239 466a 4c4e 8b79 1b28554c3a7c
acritica.com Manaus

Para divertir a criançada enquanto ensinam noções de responsabilidade ambiental, a Organização das Nações Unidas – ONU HABITAT, através do Instituto Santinni – ISANTI, promoveu, na manhã desta sexta-feira, um dia de conscientização em comemoração ao Dia das Crianças, no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

Com o tema “A Manaus que queremos”, as crianças desenharam o que desejam que os governantes construam no seu bairro, em troca, receberam mudas de plantas e lanche, além de participar de jogos e diversas brincadeiras.

A Comendadora do Amazonas, condecorada pela ONU, Creusa Rodrigues explica que os desenhos serão avaliados pela psicóloga do Instituto, enviados para a ONU e transformados em projetos para a cidade.

“As crianças são o nosso futuro e conseguem mostrar o que precisam através dos desenhos. São imagens sinceras de pequenos que diariamente andam nas ruas e brincam em praças. Conseguimos através das ilustrações detectar, por exemplo, a falta de hospital, escolas e arborização na praça do bairro”, descreveu a comendadora Creuza Rodrigues.

Giulian Sena, de 13 anos, fez questão de dizer que todas as crianças precisam participar e incentivar a melhorar muitas coisas em Manaus. “As crianças também podem apoiar nas decisões do bairro, foi uma manhã muito legal e divertida”, disse.

De acordo com a diretora do ISANTI, Andressa Santinne, o projeto faz parte da comemoração ao Dia Mundial das Cidades, comemorado pela ONU, no dia 31 de outubro.

“A proposta é alcançar todas as zonas da cidade, principalmente os espaços com grande circulação de pessoas, levando cultura, arte e consciência ambiental para toda a população de forma dinâmica, divertida e gratuita”, explica.

Instituto Santinne

O Instituto Santinne – ISANTI, promove arte, cultura, educação e assistência social em defesa da conservação do patrimônio da cidade de Manaus há 30 anos e a parceria com a Organização das Nações Unidas – ONU, já acontece há 1 ano.

Dentre os projetos para Manaus, estão a construção de uma cidade sustentável e resiliente, de recuperação da Cachoeira Alta, no Tarumã, planejamento e sustentabilidade em diversos bairros da capital, como a construção de calçadas emborrachadas, arborizações e despoluição de igarapés. O primeiro bairro escolhido em Manaus foi São Jorge.

 

 

 

Publicidade
Publicidade