Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
DIA DAS CRIANÇAS

Crianças venezuelanas participam de festa circense no Abrigo Coroado

Ação de Dia das Crianças da Seas levou brincadeiras, músicas, doces e diversão para as quase 70 crianças venezuelanas abrigadas no local



WhatsApp_Image_2019-10-11_at_17.10.36_E3C985A2-9820-44D5-8357-1909C670EE70.jpeg Foto: Divulgação
11/10/2019 às 18:14

Uma festa cheia de cores, música, doces e muitos presentes marcou o Dia das Crianças no Abrigo do Coroado, que acolhe refugiados venezuelanos, comemorado nesta sexta-feira (11). Coordenado pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), o espaço abriga atualmente 215 venezuelanos, dos quais 68 são crianças.

A decoração seguiu a temática circense e os palhaços fizeram a alegria das crianças com jogos, coreografias e pinturas no rosto. Organizada pela equipe da Seas, a festa teve como objetivo reforçar a ideia de acolhimento para o público infantil que está longe do seu país, em condição de refúgio.



A titular da Seas, Márcia Sahdo, explicou que os brinquedos foram arrecadados numa campanha interna feita junto aos servidores da Seas. A equipe do abrigo organizou tudo desde a decoração ao contato com os palhaços, a produção do bolo e doação de picolés.

“Nós nos esforçamos para que as crianças possam sentir que elas são lembradas e como qualquer outra criança, elas são amadas. É importante a gente festejar e mostrar para os pais que estamos aqui para somar com eles nesse momento tão difícil, mas que não devemos deixar de festejar aquilo que é preciso festejar que é a vida e a alegria das crianças”, pontuou.

Alejandro Briceño, há dois meses no abrigo, segurava o filho no colo, aguardando pacientemente que a pintura no rosto do pequeno fosse concluída. "Eu acho muito bom isso que está acontecendo porque ocupa a mente das crianças e da gente também, porque já temos muitos problemas que nos preocupam. Hoje as crianças estão muito felizes".

Para a abrigada, Ana Lara Patrícia, a festa das crianças foi uma oportunidade de se distrair e não pensar tanto nos desafios se adaptar a uma nova realidade. “É bom ter uma distração, as crianças estão gostando muito”.

Educação infantil

A Seas está fechando parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), para oferecer educação infantil para as crianças abrigadas. A previsão é de que ainda no mês de outubro as atividades comecem.

As aulas acontecerão numa sala multiuso onde funciona a brinquedoteca e que também serve para outras atividades como rodas de conversa e espaço de estudo e pesquisa para os adolescentes que estão matriculados na ensino regular. Uma professora da Semed já foi visitar o espaço hoje (11) e vai passar por um treinamento a ser ministrado pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), antes de iniciar as aulas.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.