Publicidade
Manaus
Manaus

Crimes causados após consumo de drogas são altos entre adolescentes, diz titular da Deaai

Titular da DEAAI, Júlia Seixas, diz que há alta incidência de prática infracional para a aquisição de drogas 21/01/2015 às 22:17
Show 1
Delegacia de assistência ao menor infrator
acritica.com ---

“Existe grande incidência de prática infracional por entorpecimento. Eu acredito que isso é um dos principais motivos, porque não acredito que conscientemente e intencionalmente uma pessoa quer ferir outra”, disse a titular da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI), Júlia Seixas.

Na última segunda-feira, o ex-presidiário Franksuel de Souza Oliveira, conhecido como “Chico Doido”, 18, foi preso após atear fogo em três casas no bairro Morro da Liberdade, Zona Sul da cidade. Franksuel afirmou em depoimento que era homossexual, usuário de drogas e que praticou o crime porque o companheiro não deu dinheiro para comprar entorpecentes. De acordo com a delegada, quando menor de idade, Franksuel foi preso outras oito vezes por roubo e tráfico de drogas.

Roubo

Por volta das 21h de terça-feira, um adolescente de 17 anos, roubou o celular de Tamara Nogueira, que andava pela avenida Leonardo Malcher, Centro. Segundo testemunhas o adolescente estava com uma faca e ameaçou a vítima.

O menor foi capturado por populares que acionaram o Ronda no Bairro. Essa foi a nona vez que o menor foi levado a DEAAI por roubo e furto.  Segundo a titular da Delegacia de Atos Infracionais não há um fator específico que promova a reincidência de jovens em crimes.

“É difícil dizer apenas um fator que leva o retorno deles porque há vários fatores influenciam isso. Às vezes o jovem está entorpecido, sofre de desestrutura familiar ou ainda, já cumpriu a medida socioeducativa, mas infelizmente não se satisfez e foi envolvido em crimes novamente”, disse a delegada.

Publicidade
Publicidade