Publicidade
Manaus
BANDIDAGEM SOLTA

Criminosos assaltam mais de 20 casas numa única rua do conj. Belvedere, no Planalto

Os suspeitos invadem as residências, fazem moradores reféns e levam o que podem. Um morador teve, sozinho, prejuízo de mais de R$ 60 mil 02/03/2017 às 12:04 - Atualizado em 02/03/2017 às 12:15
Show 14
Foto: Reprodução
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Criminosos a pé estão tocando o terror na rua Felismino Cabral, no conjunto Belvedere, no Planalto, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Na via, segundo os moradores, ao menos 20 residências foram alvos dos bandidos. Os suspeitos invadem as casas e saem levando o que podem. Um morador teve, sozinho, prejuízo de mais de R$ 60 mil.

“Eu estava no meu sítio e quando retornei, vi que tinham entrado na minha casa e levado tudo: joias, televisões, roupas, entre outras coisas”, relembrou o aposentado de 70 anos. O crime em sua casa ocorreu há três dias. Outro imóvel invadido foi o de uma contadora, de 39 anos. Segundo ela, os bandidos arrombaram a casa pela parte da manhã.

“Eu me sinto presa. Aqui em casa tem cerca elétrica, câmera, sensor de movimento, mas não deu jeito. Eles cortaram a luz, o alarme e roubaram quase tudo: TVs, câmera fotográfica, dinheiro e roupas”, lamentou a contadora, que preferiu manter o nome no anonimato. O microempresário Carlos Oliveira, 43, informou que até um filhote de cachorro foi roubado do pátio de sua casa.

Em um dos roubos, uma família foi mantida refém e um proprietário foi baleado ao tentar fugir de uma abordagem. Uma dona de casa, de 49 anos, relatou que sua casa foi roubada quatro vezes, três somente no ano passado. “Fico no cadeado dentro de casa, ainda mais depois dessa fuga em massa”, contou.

Os criminosos têm pulado muros, cortado cercas elétricas, quebrado câmeras e arrombado portas. Moradores reclamam do pouco policiamento da Polícia Militar e também da Polícia Civil, que já foi avisada, por meio de vários registros de Boletins de Ocorrências sobre os furtos.

O delegado Paulo Beneli, que atuou como titular do 10º DIP nos últimos meses, afirmou que enquanto estava no comando da delegacia, um suspeito havia sido identificado e que ele teria sido o autor de muitos furtos no local. Beneli informou ainda que está lotado no 19º DIP, mas que a equipe  do 10º Distrito Integrado de Polícia continuou as investigações em torno dos furtos de residências.

Orientação da polícia

Por meio de nota, o comandante da 17ª Cicom, Capitão Albuquerque, orienta que a população registre as ocorrências nos DIPs e denuncie por meio do 190 ou entre em contato com o linha direta da Cicom, por meio dos telefones (92) 3214-7624 / 98842-1617.

Publicidade
Publicidade