Domingo, 19 de Maio de 2019
Manaus

Cunhados confessam que mataram mecânico com golpes de chave de fenda após discussão

Após ser perfurado, a vítima ainda levou um golpe de barra de ferro na cabeça mas conseguiu chegar até uma base do Samu, nas proximidades, mas não resistiu à agressão e faleceu. Dupla foi presa em bar perto da cena do crime, e revelaram que tudo teve início por uma discussão boba



1.jpg
A vítima, identificado como Djalma Oliveira, morreu porque teria se recusado a emprestar uma ferramenta aos cunhados
07/01/2016 às 21:11

Dois cunhados foram presos no fim da manhã desta quinta-feira (7), no bairro Crespo, Zona Sul de Manaus, após matarem um mecânico usando uma chave de fenda, com perfurações no coração. A vítima, identificada como Djalma Oliveira Braga, de 38 anos. O homem ainda chegou a se levantar e ir até uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que fica nas proximidades do homicídio, para pedir socorro. O fato ocorreu no estacionamento de uma loja de autopeças e pneus. 

Conforme informações da delega Carolini Guedes, titular do 7° Distrito Integrado de Polícia (DIP), os homens, identificados como Deivison Furtado dos Santos, de 19, e Andrerson Alex do Mar Sena, 27, foram presos pela guarnição da Polícia Militar em um bar nas proximidades do local do crime. Eles contaram detalhes do fato e relataram que tudo iniciou após uma simples discussão.

A delegada contou que todos eles são mecânicos e os dois cunhados estavam fazendo um serviço em um veículo. Foi quando eles precisaram de uma ferramenta e foram informados que a mesma estava em posse de Djalma.

“Eles foram até lá pedir a ferramenta e Andrerson contou que Djalma foi grosseiro com eles, dizendo que não iria entregar a ferramenta pra eles e sim para o dono”, informou Carolini. A delegada ressaltou que, após isso, houve discussão e luta corporal.

“Segundo os cunhados, a vítima puxou uma chave de fenda do bolso e chegou a arranhar um deles. Foi quando um dos suspeitos pegou a chave de fenda e começou a 'estocar' a vítima. Já caído no chão, o outro pegou uma barra de ferro e atingiu a cabeça de Djalma”, finalizou.

Os suspeitos foram autuados pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil e seguiram para Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, localizada no Centro da capital.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.