Publicidade
Manaus
OPORTUNIDADE

Cursinho preparatório para concursos abre turma para pessoas com Síndrome de Down

Turma especial para quem pretende fazer concurso público e tem a síndrome ainda tem vagas 07/12/2018 às 02:37
Show gtrhrth5 8ae0736a ad9d 4da9 8a85 5449b7516ecd
Aulas serão ministradas por uma equipe pedagógica preparada para atender os alunos com síndrome de Down. Foto: Divulgação/Movimento Down
Joana Queiroz Manaus - AM

Gestores do preparatório  “Sou Concurseiro e Vou Passar” estão tendo dificuldades para abrir uma turma voltada à atender pessoas com síndrome de Down.  As vagas estão disponíveis desde segunda-feira, mas até ontem nenhum candidato havia se apresentado, conforme informou um dos coordenadores, o professor Fábio Silva.

Segundo o professor, as vagas para o curso online gratuito estão sendo disponibilizadas para atender candidatos que têm a síndrome e pretendem concorrer a uma das vagas disponíveis em concursos públicos, como o do Instituto de Desenvolvimento Ambiental do Amazonas (Idam), que em seu edital prevê  cinco vagas para pessoas com Down.

As vagas previstas no certame são para funções técnicas, como técnicos agrícolas. O professor acredita que os pré-requisitos exigidos no edital  é o que deve estar impedindo a formação da turma.  De acordo com o edital, o candidato  com síndrome de Down têm que ter idade mínima de 18 anos e concluído o ensino médio.  As famílias não tinham o costume de matricular os filhos com Down no ensino regular, o que vem acontecendo há pouco tempo.

Fábio Silva disse que já levou essa campanha até as associações de pais e amigos, mas nenhum candidato apareceu. Mesmo assim, as associações estão empenhadas, tentando encontrar alunos e futuros candidatos às vagas. “Apesar da divulgação e repercussão que a iniciativa teve, ainda não tinha aparecido ninguém. Talvez as vagas não sejam preenchidas”, disse o professor. 

Ele também explicou que são poucas as pessoas com síndrome de Down que conseguem concluir o ensino médio aos 18 anos. 

 Primeira vez 

O presidente da Associação dos Pais das pessoas com Down (Apadam), Omar dos Santos,  disse que, atualmente, na associação tem pelo menos 130 associados e que a maioria são menores de 16 anos e  que ainda não concluíram o ensino médio. “Eu acredito que encontrar pessoas com Down para esse concurso está difícil”,  afirmou. 

De acordo com o professor do curso preparatório,  esta é a primeira vez que um órgão público oferece 2% da vagas para pessoas com síndrome de Down.  “Nós resolvemos oferecer  (o curso) para esse segmento um curso completo de forma online, onde a pessoas podem assistir às aulas pelo computador e até mesmo pelo celular e, ainda, participar de aulões especiais e presenciais”, informou Silva. 

 Inscrições na sede do cursinho

De acordo com o professor e um dos coordenadores do “Sou Concurseiro e Vou Passar”, Fábio Silva,   as aulas para a turma especial serão ministradas por uma coordenação pedagógica que está passando orientações aos demais professores por se tratar de uma situação que ainda não foi trabalhada por eles.

 Segundo Silva,  o  preparatório  está localizado na rua Pará, conjunto Vieiralves, no bairro Nossa Senhora das Graças,  na Zona Centro-Sul de Manaus.  

Os interessados podem entrar em contato pelo WhatsApp (92) 99116-3075,  via e-mail souconcurseiroevoupassar@gmail.com ou comparecer pessoalmente ao estabelecimento de ensino.

Publicidade
Publicidade