Quinta-feira, 04 de Março de 2021
POSICIONAMENTO

David Almeida diz que vai tomar 'medidas cabíveis' contra grupo do MP-AM

Objeto de pedido de prisão, prefeito disse estar indignado com a atuação do Gaeco, que ele chamou de 'ilegal e arbitrária'



50874556198_cb3651eed1_c_80AF58E2-44CA-49CF-BA61-3C1770E758A4.jpg
27/01/2021 às 18:14

O prefeito David Almeida afirmou, por meio de sua assessoria, que vai ingressar "com as medidas cabíveis" contra os membros do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

O Gaeco foi o responsável pela representação que pediu a prisão do prefeito David Almeida e de secretários municipais. Na visão do prefeito, o ato configurou-se em uma "atuação ilegal e arbitrária (...) em descompasso com o histórico de atuação institucional do Parquet ", com a qual ele se disse profundamente indignado. 



O desembargador José Hamilton Saraiva foi quem analisou o pedido do MP-AM e declinou da competência da Justiça Estadual, repassando o caso para a esfera federal com a justificativa de que as vacinas foram adquiridas por verba federal. "A medida cautelar foi rejeitada pelo Poder Judiciário estadual, de forma correta, principalmente por não ter havido qualquer ato realizado pelo Prefeito", comentou o prefeito. 

Na nota, David afirma ainda que "não há o menor indício de desvio de recursos públicos, ato lesivo ao erário ou repercussão criminal" e que "reitera a confiança no Poder Judiciário, nas instituições e na gestão transparente da cidade de Manaus".


 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.