Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
PROJETO

Cozinheira e empresária: Consulado da Mulher empodera com curso administrativo

Projeto que abrange Manaus oferece assessoria financeira para mulheres que trabalhem com produção de 'quitutes' para gerar renda própria. Inscrições vão até o fim de agosto



resultados.jpg Foto: Divulgação
27/07/2018 às 19:03

Você, mulher, cozinha? Faz um bico aqui ou ali para ajudar na renda de casa? Ou, por puro prazer, gosta de produzir quitutes? Você, agora, tem a chance de profissionalizar o serviço e ir muito além do básico. De aulas a assessoria financeira, o Instituto Consulado da Mulher propõe, de forma didática, revolucionar um mercado que, geralmente, está habituado ao "caseiro".

O Consulado da Mulher é uma ação em parceria com a marca Consul que promove cursos e oficinas para empoderar donas de casa que queiram gerar renda própria advinda dos seus dotes culinários. 

Para participar do evento e concorrer ao plano de assessoria financeira, as mulheres interessadas devem passar por um processo seletivo. Além de cidades do "eixo", Manaus é a única do Norte do país que abre vagas para participantes.

"Trabalhamos em função da mulher. Do empoderamento. Queremos mostrar para a mulher que ela é muito mais do que pensa ser. Ela pode ali vender um din-din, um salgado, e tirar um troco para ajudar dentro de casa. É o que acontece. Mas ela pode muito mais. E são mulheres assim que buscamos. Mulheres com vontade de crescer, que confiem em suas habilidades e se permitam mergulhar no mundo do empreendedorismo" comenta Katia Regina, especialista em projetos sociais do Consulado.

Das assessoradas do ano passado, por exemplo, Katia conta que resultados foram expressivos. Um aumento de uma renda inicial de R$ 50 mensal atingiu, por exemplo R$ 600. É tudo questão de logística e visão. 

Como funciona o processo para as manauaras que desejam aperfeiçoar seus dotes no mercado? 

Para participar do processo de seleção é necessário preencher uma ficha de inscrição, que está disponível para download no site (http://consuladodamulher.org.br/inscricoes/), entre os dias 17 de julho a 31 de agosto. 

A pré-seleção, realizada pela nossa equipe técnica, será feita de acordo com o perfil empreendedor e sócio econômico de cada inscrita.

As selecionadas serão chamadas para uma primeira conversa e, em seguida, passarão gratuitamente por formações básicas de empreendedorismo + construção de plano de negócios simplificado.

Na terceira fase do processo, as participantes apresentam o seu plano de negócio para uma banca empreendedora, que dará respostas e novas ideias em relação ao que foi apresentado.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.