Publicidade
Manaus
CONVOCAÇÃO

Defensoria Pública do Estado nomeia três defensores aprovados em concurso

Dois dos três novos defensores públicos serão designados para o polo de Parintins e um para Itacoatiara, para cobrir as ausências de defensores que deixaram de atuar nesses municípios 14/01/2019 às 18:24
Show prova oral do concurso para defensor  p blico do am 90763d58 b3c2 4900 9648 1096c78dfde3
acritica.com

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) nomeou, nesta segunda-feira (14/01), três novos defensores públicos, aprovados no concurso público realizado em 2018. As nomeações estão publicadas no Diário Oficial Eletrônico desta segunda-feira, disponibilizado no site da instituição. Foram nomeados os três primeiros classificados, respectivamente, Rodolfo Pinheiro Bernardo Lobo, Roberta Eifler Barbosa e Gabriela Lima Andrade. 

O concurso teve sua primeira etapa realizada em junho de 2018, para o preenchimento inicial de 25 vagas e teve 3.026 inscritos. O certame foi homologado em dezembro último, após as etapas finais de prova oral e entrevistas, tendo 59 aprovados. 

Dois dos três novos defensores públicos serão designados para o polo de Parintins e um para Itacoatiara, para cobrir as ausências de defensores que deixaram de atuar nesses municípios. A posse ainda não tem data marcada, mas deve ocorrer o mais breve possível, tão logo tenha sido entregue à administração toda a documentação necessária para que assumam o cargo. 

As três nomeações iniciais fazem parte de um cronograma financeiro orçamentário elaborado para 2019, após a homologação do concurso pelo Conselho Superior da DPE-AM, em dezembro de 2018. 

“O cronograma de nomeações é compatível com o orçamento que temos disponível, porque, infelizmente, a Defensoria não tem em 2019 dinheiro para nomear os 59 aprovados no concurso. Lembrando que, é claro, a Defensoria continuará brigando para que seu orçamento seja ampliado e possamos convocar todos os 59 aprovados”, esclarece o defensor público geral do Estado, Rafael Barbosa. 

Interior - As próximas nomeações de defensores terão como foco os polos da DPE em Humaitá, Tabatinga e Tefé, que devem ser inaugurados ainda no primeiro semestre deste ano, de acordo com Rafael Barbosa. 

O defensor público geral ressalta que a nomeação de novos defensores fortalece a instituição e representa melhoria de atendimento à população. “Acima de tudo, é o cumprimento do nosso compromisso de nunca mais faltar defensores para manter o funcionamento com qualidade dos polos do interior”, afirmou.

Publicidade
Publicidade