Domingo, 15 de Setembro de 2019
ATINGIDOS

Defesa Civil começa a demolir residências atingidas por incêndio na Compensa

Oito casas de madeira foram destruídas total ou parcialmente e nove famílias desabrigadas foram cadastradas



09a56553-0c46-457d-a003-1e059694d916.jpg Foto: Divulgação/Defesa Civil Municipal
14/07/2017 às 10:21

Equipes da Defesa Civil Municipal começaram a demolir, na manhã desta sexta-feira (14), em Manaus, as oito residências de madeira atingidas pelo incêndio de grandes proporções ocorrido na noite de ontem no bairro da Compensa 2, na Zona Oeste da capital. Ao todo, oito casas localizadas na rua João Walter, na comunidade Meu Bem Meu Mal, foram destruídas total ou parcialmente pelas chamas. Nove famílias ficaram desabrigadas.

Segundo a secretária em exercício da Defesa Civil, Bibiane Araújo, as nove famílias desabrigadas já foram cadastradas para receber atendimento, doações e aluguel social por parte da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh). “São nove famílias, mas oito residências que pegaram fogo. Já estamos fazendo cadastro dessas famílias. Vamos acompanhar o cadastro também na Semmasdh para dar assistência às famílias”, disse.

A demolição dos escombros das casas atingidas é necessária, segundo a secretária Bibiane Araújo, para não haver risco de desabamentos. “Estamos fazendo a demolição do resto das casas que ficaram. Teve muita estrutura que caiu, e para que não venha acontecer de cair e atingir pessoas, estamos derrubando. Quando terminarmos, vamos levar as famílias para fazer o cadastro”, relatou.

Das residências atingidas, oito foram destruídas totalmente e outras três parcialmente. “Foram em torno de cinco residências (destruídas) totais e três residências atingidas parcialmente. Já fizemos os cadastros, identificamos cada família, quem morava e onde. Vamos também fazer todo o acompanhamento socioeconômico na Secretaria de Assistência Social”, declarou Bibiane.

Grandes proporções

Oito casas de madeira foram destruídas total e parcialmente durante um incêndio de grandes proporções ocorrido na noite de ontem, quinta-feira (13), por volta das 21h, na rua João Walter, comunidade Meu Bem, Meu Mal, bairro Compensa 2, na Zona Oeste da capital. O Corpo de Bombeiros fez o combate das chamas usando sete viaturas e aproximadamente 30 mil litros de água. Não houve vítimas e o fogo foi controlado por volta das 22h.

Moradores disseram que o fogo teria começado em um ar-condicionado de um dos barracos e se espalhou rapidamente. “Deixaram o ar-condicionado ligado por muito tempo, daí ele explodiu”, disse Gabriel Monteiro, 18. “Tinha uma mulher grávida na casa, mas ela conseguiu sair felizmente”, completou. As causas oficiais do incidente deverão ser investigadas.


Foto: Evandro Seixas


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.