Publicidade
Manaus
Manaus

DEHS apresenta suspeitos de participações em assassinatos recentes em Manaus

Francedilson Lima de Farias, o "Michuca do Côco", e Eduardo Alves dos Santos, o "Dudu Bala", alegam inocência, mas aguardarão pela decisão judicial presos na cadeia pública de Manaus 09/12/2014 às 12:26
Show 1
"Dudu Bala" é suspeito de ter servido de olheiro durante assassinato. Ele foi preso no Parque 10
girlene medeiros Manaus (AM)

Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) prenderam, sob o cumprimento de mandados de prisão, Francedilson Lima de Farias, de 33 anos, o "Michuca do Côco", e Eduardo Alves dos Santos, 28, o "Dudu Bala". Eles são suspeitos de terem envolvimento em homicídios distintos, mas alegam inocência. As detenções foram cumpridas, respectivamente, nos dias 5 e 6 deste mês, nas Zonas Sul e Oeste de Manaus.

"Michuca do Côco" foi preso na sua própria casa, situada à rua Santa Rosa, no bairro Morro da Liberdade, Zona Sul. Ele é apontado pela polícia como o homem que levou Erik Pedroza do Nascimento, 27, até a feira da Banana, no bairro Educandos, Zona Sul da capital, para matar Darlan Rodrigues Alves, 32, assassinado no dia 17 de agosto. O preso afirma que desconhecia as intenções de Erik e que não sabia nem que ele portava arma de fogo. "Ele me chamou para ir comprar fruta para o filho dele. Ele arruinou minha vida', disse Francedilson. 

Já "Dudu Bala" é apontado como olheiro para o assassinato do cabeleireiro Gean Da Silva dos Santos, 29, morto no dia 9 de setembro deste ano. Eduardo foi detido no bairro Parque 10, na Zona Centro-Sul da cidade. O homem nega a participação no crime que teve como autor o irmão dele, Elvis dos Santos Silva, o "Elvinho", que está preso por tráfico e também pelo homicídio. 

Os dois detentos foram encaminhados à cadeia publica Desembargador Raundo Vidal Pessoa, no Centro da capital, onde vão aguardar decisão judicial. Eles vão responder por homicídio.

Publicidade
Publicidade