Publicidade
Manaus
poder judiciário

Délcio Santos é empossado desembargador em cerimônia no Tribunal de Justiça do AM

Durante um discurso emocionado, o novo desembargador garantiu que não vai decepcionar os advogados e nem os membros do judiciário 18/06/2018 às 19:08 - Atualizado em 18/06/2018 às 21:07
Show d lcio
Foto: Márcio Silva
Ana Sena Manaus (AM)

Eleito pelo Quinto Constitucional com o maior número de votos, o agora desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Délcio Luís Santos, foi empossado na tarde de segunda feira (18), no auditório Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro, anexo ao TJ/AM, na Zona Centro-Sul de Manaus. 

A cerimônia contou com várias autoridades do Estado como o governador Amazonino Mendes, o vice-governador Bosco Saraiva, o prefeito de Manaus Arthur Neto, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AM) Marco Aurélio Choy, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado (MP/AM) Fábio Monteiro, o defensor-público-geral do Estado, Rafael Barbosa, a presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheira Yara Lins, entre outras autoridades.

Em um discurso emocionado, o novo desembargador, que integrará a 2ª Câmara Cível, garantiu que não vai decepcionar os advogados e nem os membros do Judiciário, afirmando que coloca a serviço do poder judiciário a experiência que acumulou atuando 22 anos no direito civil, administrativo, penal e eleitoral e da participação como membro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM).  

Ovacionado pelos seus pares, o desembargador cumprimentou todos os advogados do auditório e reafirmou os compromissos assumidos durante o processo de escolha, que é o respeito as garantias de prerrogativas da advocacia pública e privada. 

“Sei que tenho uma importante e difícil missão pela frente, mas após longos 22 anos na advocacia, o trabalho, a responsabilidade do Direito, da ética e da moralidade tornaram-se bandeira que não abro mão e para exercer esse novo papel, conto com ajuda em especial da OAB, esse sistema de justiça que só preenche seus requisitos de validade e de eficácia com a participação digna e plena de advogados públicos e privados, foi dessa classe que vim e dela jamais esquecerei”, sustentou. 

Para saudar o novo desembargador, o presidente do TJAM, Flávio Pascarelli, declarou que o Quinto Constitucional contribui muito para Justiça. “Dizendo isso, eu vou contrariar muitos dos meus colegas magistrados, mas eu venho de associação e conheço o pensamento deles. Acredito sobretudo que o Quinto se torna necessário para melhor posicionamento do tribunal. Délcio vai trazer a experiência e o posicionamento íntegro e ético para somar com os colegas desembargadores”, garantiu. 

Publicidade
Publicidade