Domingo, 24 de Maio de 2020
FINALIZADO

Dentro do tempo, Aparecida fecha desfile das escolas de samba de Manaus

O presidente da escola verde e branca, Saulo Borges, afirmou que a performance carnavalesca foi leve e ao mesmo tempo condizente com uma evolução digna de representação do Estado do Pará



aparecida_123_DD4F946E-AC58-4B08-954C-DB0E1490812B.JPG Foto: Jair Araújo
03/03/2019 às 07:09

Em meio a lágrimas e uma demora especial da última ala, a Mocidade Independente da Aparecida saiu da avenida às 6h52 deste domingo Gordo de Carnaval (3). A espera do último carro alegórico, representado a santa padroeira da agremiação, parou na linha final e tietou personalidades amazonenses, uma homenagem também ao grupo A Crítica. A apresentação foi finalizada dentro do tempo permitido. 

O presidente da escola verde e branca, Saulo Borges, afirmou que a performance carnavalesca foi leve e ao mesmo tempo condizente com uma evolução digna de representação do Estado do Pará.



“Fazemos com alegria o nosso samba e é uma felicidade desfilar por ultimo e de manhã. Sou suspeito para falar, mas acho que vamos ser campeões”, frisou. Nos minutos finais da apresentação, a ala que acompanhava o carro alegórico de Nossa Senhora do Nazaré ficou dançando por momentos extras, quando a imagem da santa virou aos foliões - momento em que todos se ajoelharam e cantaram as últimas vezes do samba-enredo.

Ficha técnica

Escola: Mocidade Independente de Aparecida      

Enredo: “Égua, maninho! Espia só! [...] Que aqui também tem Pará!”

Fundação: 15 de março de 1980

Componente: 3.800

Entrada na avenida: 05h20


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.