Publicidade
Manaus
Manaus

Depois da falta de energia, candidatos finalmente conseguem fazer exame do Enem em Manaus

Apesar da falta de energia que ocorreu no Instituto de Educação do Amazonas (IEA), Centro de Manaus, a aplicação das provas do Enem para candidatos que foram prejudicados pelo mesmo problema em novembro, não atrasaram 10/12/2014 às 23:11
Show 1
Instituto de Educação do Amazonas, Centro de Manaus
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Mais de 700 estudantes que fizeram uma nova prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nesta quarta-feira (10) no Instituto de Educação do Amazonas (IEA) passaram por outro susto após o temporal que atingiu a cidade. O local ficou sem energia por alguns instantes e muitos candidatos tiveram receio da prova ser cancelada novamente.

O problema quase se repetiu. O Instituto foi escolhido para ser o local das provas de Linguagem, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação para 792 candidatos que foram prejudicados por conta da falta de energiaem consequência de outro temporal ocorrido no dia 9 de novembro, nas escolas Estadual Eldah Bitton, no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, e Escola Estadual Profª Adelaide Tavares de Macedo, no Alvorada, Zona Oeste. Todos fizeram a primeira prova, mas acabaram sendo prejudicados devido a um temporal que cancelou o exame no dia 9 de novembro.

A estudante Joycielen Garcia, 21, disse que a queda de energia ocorreu por volta das 11h30, meia-hora depois das provas terem iniciado. "Ficamos uns 10 segundos no escuro. Na hora pensei "de novo não", mas aí a luz voltou e continuamos", contou. Em novembro, Joycielen realizou a prova na escola Eldah Bitton, no bairro Compensa.

Apesar do incidente, as provas não atrasaram. Os alunos começaram a sair das salas por volta das 16h. A segunda fase do exame terminou às 16h30.

Publicidade
Publicidade