Domingo, 19 de Maio de 2019
Manaus

Depre apreende mais de 500 quilos de drogas em 2012

A Delegacia também contabiliza a apreensão 51 carros, 14 motocicletas, 53 armas de fogo e a prisão em flagrante de 348 pessoas



1.jpg
Cerca de 562Kg de substâncias entorpecentes apreendidas em 2012
15/01/2013 às 11:12

Cerca de 562 Kg de substâncias entorpecentes foram apreendidas em 2012 pela polícia. Esse foi o resultado do trabalho da Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE), nas operações realizadas durante o ano. A Delegacia também contabiliza a apreensão de 51 carros, 14 motocicletas, 53 armas de fogo e a prisão em flagrante de 348 pessoas.

De acordo com a Delegada Titular da Especializada, Vanessa Pereira Ricardo, isso é resultado de um trabalho em equipe, seguindo a determinação do Delegado Geral, Josué Rocha que, alinhado com a política de proximidade estabelecida pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), tem ampliado as ações da Polícia Civil nas comunidades.

“Os comunitários têm uma participação importantíssima no trabalho da Polícia, porque estão cara a cara com os problemas e o Disk Denúncia 181 é uma ferramenta imprescindível nesse processo de aproximação”, explica a Delegada. “No ano passado tivemos um grande avanço, as equipes trabalharam com afinco. Para 2013 a Polícia Civil está planejando o reforço da nossa equipe e a melhoria da estrutura da nossa Delegacia, com isso iremos superar os números de apreensões e prisões”, reforça o Delegado Adjunto Rafael Schmidt.

A DEPRE conta com o trabalho de dois Delegados e 29 policiais, entre investigadores e escrivãos, que se revezam em plantões diários para dar suporte e assegurar à população, a retirada de criminosos das ruas.

#Com informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil do Amazonas


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.