Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
POLÍTICA

Deputado José Ricardo é diagnosticado com sarampo e ficará afastado da ALE

Diagnóstico foi dado nessa segunda-feira (2). Conforme último boletim da Semsa, 265 casos foram confirmados na capital e surto no Amazonas já é maior que em Roraima



jose_ricardo.jpg (Foto: Arquivo/AC)
03/07/2018 às 11:47

O deputado estadual José Ricardo (PT) ficará afastado das atividades parlamentares após ser diagnosticado com sarampo. Um comunicado foi divulgado pela equipe do deputado nesta terça-feira (3). Conforme último boletim divulgado Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a capital possui até o momento 265 casos da doença confirmados. Levantamento do Ministério da Saúde apontou que o número de registros no Amazonas superou o de Roraima, estado onde iniciou o surto.

Segundo a assessoria, há dias o deputado já apresentava sintomas de sarampo com dores na garganta e febre, porém tinha dado tratamento à doença acreditando ser um quadro de virose. Inicialmente ele deve ficar afastado até a próxima sexta-feira (6).



Depois do surgimento de manchas vermelhas no corpo, o deputado passou por consulta médica, que constatou o sarampo nessa segunda-feira (2). De acordo com a assessoria, as medidas indicadas pelo setor médico estão sendo tomadas, haja vista ser uma doença infectocontagiosa e em surto na cidade.

Os órgãos de saúde responsáveis, incluindo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e a Diretoria de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), já foram comunicados para as devidas providências.

Votação

A ausência do deputado na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) deve ser sentida para votação do veto ao reajuste de policiais e bombeiros do Amazonas, prevista para ocorrer nesta quarta-feira (4). José Ricardo compõe a base de oposição para derrubar o veto na Casa Legislativa e poderá desfalcar a bancada.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.