Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Manaus

Deputados do Amazonas antecipam recesso

Desta segunda (8) até a quinta-feira os deputados estaduais votarão a Lei de Diretrizes Orçamentárias e ficarão de férias por 15 dias



1.gif Poucos deputados apresentaram emendas ao projeto: 16 do deputado José Ricardo (PT), 18 de Marcelo Ramos (PSB), oito de Luiz Castro (PPS), e oito em conjunto dos três deputados de oposição
08/07/2013 às 07:40

Enforcando os últimos cinco dias de trabalho que teriam pela frente antes do início do recesso no próximo dia 16, os deputados da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) fazem nesta segunda-feira (8) uma sessão  compensatória. Na pauta, começarão a tramitar as propostas de emendas constitucionais do fim do voto secreto e justamente do recesso de 15 dias no meio do ano.

Outro projeto que será debatido na sessão compensatória é o que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias do Governo do Estado que estima o orçamento do próximo ano em R$ 13,9 milhões para o último ano do governo de Omar Aziz (PSD).

A exemplo do que ocorreu nas últimas duas décadas, poucos deputados  apresentaram emendas ao projeto: 16 do deputado José Ricardo (PT), 18 de Marcelo Ramos (PSB), oito de Luiz Castro (PPS), e oito em conjunto dos três deputados de oposição. O líder da maioria deputado Chico Preto (PSD) apresentou uma emenda. No total 50 emendas foram apresentadas à LDO-2014.

A intenção manifestada pelo presidente da ALE-AM, Josué Neto (PSD), é que as  PECs do voto secreto e do fim do recesso sejam votadas na quinta-feira (11) e a  sessão de quarta-feira (10) seja somente para a LDO-2014. “Com certeza será na quinta-feira. É uma questão que nós estamos contando os dias. A definição política já existe, só falta agora a decisão oficial do plenário. Nós não temos nesse momento nenhum deputado contra a aprovação da matéria”, disse Josué na quinta-feira (4).

Os deputados estaduais decidiram arquivar a PEC original do voto secreto de autoria do deputado Marcelo Ramos e, em conjunto, redigir um novo texto “mais amplo e contemplando as duas propostas que tramitam na Câmara de Deputados e no Senado em Brasília”, disse o vice-presidente da ALE-AM, Belarmino Lins (PMDB).

Manifestantes usarão a tribuna

É esperado para esta semana a cessão de tempo na tribuna da Assembleia aos manifestantes que  estão acampados há sete dias na frente da ALE-AM. O movimento União dos Movimentos Manaus irá divulgar uma nova carta de reivindicações.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.