Publicidade
Manaus
Cotidiano, Justiça, TJAM, Desembargador Lafayette Carneiro Vieira Júnior

Desembargador eleito pelo critério de antiguidade toma posse no TJAM

Na magistratura há 23 anos, Lafayette Carneiro Vieira Júnior passa a ocupar a vaga de Luiz Wilson Barroso, que se aposentou em fevereiro deste ano 14/03/2013 às 15:24
Show 1
Presidente do TJAM, Ari Jorge Moutinho e o novo desembargador da corte, Lafayette Vieira Carneiro Júnior
acritica.com Manaus

O desembargador Lafayette Carneiro Vieira Júnior tomou posse no cargo nesta quinta-feira (14), durante solenidade realizada no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), localizado no bairro do Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus.

A saudação ao novo desembargador foi proferida pela desembargadora Carla Maria dos Santos Reis, que durante seu discurso falou da brilhante carreira do magistrado.

Lafayette Carneiro Vieira Júnior é filho do desembargador aposentado Lafayette Carneiro Vieira, que na ocasião aproveitou para registrar uma homenagem ao filho que seguiu o mesmo caminho do pai.

 “Um dia glorioso, para minha vida e dos meus familiares. Ele chegou onde eu cheguei e eu estou muito feliz; é um sonho realizado de qualquer pai ver seus filhos seguindo os mesmos passos”, acrescentou emocionado o desembargador aposentado.

Em seu discurso de posse o desembargador Lafayette agradeceu ao apoio prestado pela família que esteve ao seu lado acompanhando os momentos de dedicação à carreira.

Além de familiares, estiveram presentes na solenidade de posse o presidente do TJAM, desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa, e outros 17 desembargadores que compõem  a Corte do Tribunal, servidores  e autoridades como o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, o governador em exercício, José Melo, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ari Jorge Moutinho da Costa Júnior, o superintendente da Polícia Federal, Sérgio Fontes e demais membros da sociedade civil.

Lafayette Carneiro Vieira Júnior passa a ocupar a vaga de Luiz Wilson Barroso, que se aposentou em fevereiro deste ano. Ele  foi nomeado recentemente pelo presidente do Tribunal, desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa, para ser o coordenador do Judiciário amazonense na Copa das Confederações Fifa-2013 e Copa do Mundo Fifa-2014.

Na magistratura, há 23 anos, Lafayette julgou casos de grande repercussão na capital, como o processo envolvendo policiais civis acusados de extorsão, em 2011; o cartel dos postos de combustíveis, em 1992; o concurso da Secretaria Municipal de Saúde, em 2012, dentre outros.

No ano passado, o magistrado, por ser o mais antigo juiz, assumiu a Prefeitura Municipal de Manaus em três ocasiões, durante a ausência do ex-prefeito Amazonino Mendes, ficando à frente do Município num total de 15 dias.

Publicidade
Publicidade