Sábado, 07 de Dezembro de 2019
DESFILE CÍVICO

Desfile do 7 de Setembro mobiliza mais de 3 mil militares das Forças Armadas

Militares das três Forças Armadas marcharam para celebrar os 197 anos da Independência do Brasil



WhatsApp_Image_2019-09-07_at_09.57.27_47AFF903-ED72-4AB1-B7E0-03B4634D870D.jpeg Foto: Euzivaldo Queiroz
07/09/2019 às 11:55

O tradicional desfile cívico militar das Forças Armadas, encerrando a Semana da Pátria, encantou milhares de pessoas na manhã deste sábado (7) no Sambódromo, avenida Pedro Teixeira, Dom Pedro, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Mais de 3 mil militares das três Forças Armadas marcharam para celebrar os 197 anos da Independência do Brasil.

O evento reuniu componentes e veículos das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), órgãos de Segurança Pública (Polícia Militar do Amazonas e Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas) e entidades civis do Estado, além das Tropas motorizadas.



A solenidade teve inicio às 7h30 com a revista às tropas, seguida da cerimônia de recepção ao governador do Amazonas, Wilson Lima, e, na sequência, às 8h30, o desfile sob a coordenação do Comando Militar da Amazônia (CMA). Ás 10 horas a programação da Semana da Pátria foi encerrada com a cerimônia de Abafamento do Fogo Simbólico seguida da execução do Hino Nacional brasileiro.

Frequentadora assídua do desfile cívico militar desde quando tinha oito anos de idade, a autônoma Naiza Pereira, de 50 anos, agitou uma bandeirinha do Brasil do início ao fim do desfile. "É um dever cívico nosso. Nunca perdi nenhum desfile desde menina. E, se Deus quiser, estarei de volta em 2020 agitando a bandeira e saudando as nossas tropas", projetou.

Entre as muitas famílias presentes no Sambódromo, o gerente comercial Rinaldo Júnior era um dos mais nostálgicos. Acompanhado da filha, Bianca, de quatro anos, o Sete de Setembro desse ano marcou o seu retorno a Manaus.

"Morei 13 anos fora da cidade e hoje, pela primeira vez em muitos anos, voltei a assistir a um desfile militar no Sambódromo. Aproveitei e trouxe a minha filha para que ela apreenda, desde pequena, a ser patriota, a dar valor aos nossos símbolos pátrios e às nossas riquezas", disse.

Para o governador do Amazonas, Wilson Lima, o Sete de Setembro desse ano é uma data especial para os brasileiros não só para reverenciar os símbolos pátrios, mas também porque é um momento em que o mundo todo está de olho no País e na região amazônica.''E importante nós reforçarmos essa sensação de pertencimento. Foram apresentadas, hoje, as nossas tropas da Polícia Militar e das Forças Armadas demonstrando a nossa soberania e a nossa independência'', destacou.

De acordo com o general de Exército César Augusto Nardi, comandante do Comando Militar da Amazônia (CMA), o desfile militar é um lembrete para a sociedade de quando o Brasil se tornou, de fato, uma nação. ''É sempre bom lembrarmos e cultuarmos a nossa independência para que possamos nos unir cada vez mais enquanto povo em torno do progresso do nosso País'', frisou.

Por conta do desfile cívico militar, as ruas em torno do Sambódromo foram interditadas às 5 horas da manhã. As linhas de ônibus que transitam nas redondezas também tiveram os seus trajetos modificados. Agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e membros da Polícia do Exército orientaram motoristas e pedestres.

News guilherme 1674 2977771b 6b49 41af 859a ef3c3b62eae8
Repórter do caderno de Cidades - Jornal A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.