Domingo, 25 de Outubro de 2020
HOMICÍDIO

Detento do semiaberto é morto enquanto soltava papagaio com o filho

Denilson Gama da Silva morava no bairro da Compensa e havia mudado para o Parque Riachuelo para recomeçar a vida, mas acabou assassinado



mortew_94DBE5D7-4AB5-4BD2-958A-A5621750473E.JPG
30/08/2020 às 16:40

O detento do regime semiaberto Denilson Gama da Silva, de 38 anos, foi morto a tiros, na tarde deste domingo (30), enquanto empinava papagaio com o filho dele, de apenas oito anos, na rua Chuveirinho, comunidade Parque Riachuelo - zona Oeste de Manaus.

O tenente Abraão, supervisor da 20a Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que atendeu a ocorrência, detalhou que a vítima foi abordada por dois homens em uma motocicleta descaracterizada, que chegaram ao local, efetuaram  quatro tiros contra ela, e fugiram. Ainda durante a fuga dos bandidos, um irmão de Denilson, que é pastor de uma igreja evangélica, percebeu a ação criminosa e chegou a gritar que era irmão da vítima. Ele foi perseguido, mas conseguiu se esconder em uma área de mata da localidade.  



Ainda segundo o oficial da Polícia Militar, Denilson morava no bairro da Compensa e havia se mudado para o local a fim de recomeçar a vida. Ele chegou a cumprir 1 ano de detenção pelo crime de tráfico de drogas. Populares revelaram que a vítima era cunhada de um possível traficante de drogas, identificado como 'Nego do Catra', fato, contudo, não confirmado pela polícia até o momento.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) esteve no local, mas o plantonista, delegado Daniel Leão, não deu detalhes da ocorrência. As circunstâncias do crime serão apuradas pela Polícia Civil, que irá investigar o caso. Denilson deixou órfãos três filhos menores de idade.

News fe58c969 f689 427d bdc3 fb9389c2f509 adee0aa5 fa35 42f7 850c 32125f8d473c
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.