Publicidade
Manaus
Manaus

Detento morre e traficante é preso após troca de tiros com PF no rio Solimões

A dupla levava R$ 33 mil para comprar drogas no município de Tabatinga, além de um fuzil de calibre 762, munições de calibre 12, 9mm e PT.40 04/07/2013 às 14:10
Show 1
O corpo de Ângelo foi levado no Instituto Médico Legal (IML), na Cidade Nova, Zona Norte, onde aguarda a liberação de familiares
Thiago Monteiro Manaus, AM
Uma troca de tiros entre traficantes e agentes da Polícia Federal por volta de 5h desta quinta-feira (4), resultou na morte do detento  Albergado Ângelo Peres Pinto, 54, e na prisão de um traficante de 32 anos, que não teve o nome revelado, em uma lancha no rio Solimões, nas proximidades do Furo do Paracuúba (a 25 KM de Manaus). Na embarcação foram apreendido R$ 33 mil, um fuzil 762 e munições de vários calibres.

Conforme informações do superintendente da Polícia Federal (PF) no Amazonas, delegado Sérgio Fontes, durante a madrugada, duas equipes da PF abordaram a lancha na Feira da Panair, no Educandos, Zona Sul de Manaus, e iniciaram uma perseguição até o furo do Paracuúba, onde houve troca de tiros, o presidiário foi atingido e morreu com dois tiros, sendo um na boca e outro no peito, a caminho do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, no Adrianópolis, Zona Centro-Sul da cidade. 

Ainda, segundo Fontes, a lancha já estava sendo investigada, pois há um mês atrás a embarcação havia passado na frente da Base Garateia, no município de Santo Antônio do Iça (distante a 880 KM da capital) e fez diversos disparos contra os agentes da PF e policiais militares que estavam no local. “Na ocasião eles conseguiram fugir, pois estavam usando um motor de polpa HP 300. Iniciamos uma investigação e encontramos a lancha na Feira da Panair”, destacou o delegado federal. 

Dentro da lancha os agentes federais encontraram R$ 33 mil, um fuzil de calibre 762, munições de calibre 12, 9mm e PT.40. De acordo com Sergio Fontes, possivelmente os infratores iriam até o município de Tabantinga para buscar drogas e distribuir os entorpecentes na capital. 
O traficante de 32 anos foi levado a Superintendência da Polícia Federal, no Dom Pedro, Zona Centro-Oeste, onde foi autuado por tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e posse de munições uso restrito e permitido.  Ele será encaminhado à cadeia pública. 

O corpo de Ângelo foi levado no Instituto Médico Legal (IML), na Cidade Nova, Zona Norte, onde aguarda a liberação de familiares.
Publicidade
Publicidade