Terça-feira, 29 de Setembro de 2020
MEDIDA

Após seis mortes, 12 detentos deixam a UPP e vão para o semiaberto do Compaj

De acordo com a Seap, trata-se de um procedimento normal, sem relação com as execuções ocorridas. Na saída da UPP, detentos gritavam que iam morrer



sejusc.JPG Foto: Jander Robson
08/04/2017 às 13:48

Um grupo de 12 detentos da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) foi transferido para o regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) no início da tarde deste sábado (8). A transferência acontece um dia após seis detentos serem mortos dentro da unidade prisional que fica localizada na Zona Leste de Manaus.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, o procedimento não guarda relação com as seis execuções registradas ontem na UPP. Segundo nota do órgão, trata-se apenas de uma progressão de regime, procedimento normal nas unidades.  



A reportagem estava na UPP no momento em que eles deixavam a UPP e o clima era de tensão Os internos que estavam sendo transferidos gritavam que iam morrer. A mãe de um presidiário, que não quis ser identificada, disse que até o momento não recebeu nenhuma informação, mas que teme que o filho seja transferido e morto em outra unidade.

“Estou muito angustiada.  Ele pode morrer assim como esses últimos que estavam sendo transferidos. Eles gritavam desesperados com medo de morrer”, disse.

À reportagem, o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, informou que devem ocorrer as transferências para a proteção dos presos que estavam sendo ameaçados de morte.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.