Domingo, 19 de Maio de 2019
AÇÃO

Detran-AM e Hemoam reforçam campanhas de conscientização para o fim de ano

Segundo o Detran, mais de 280 pessoas morreram vítimas de acidentes na capital. Hemoam explica que incentivo à doação se deve à queda no estoque de sangue no final do ano



carro.JPG
Detran reforçou campanha em vias da capital (Fotos: Clóvis Miranda)
28/12/2016 às 18:49

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) e a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) intensificaram suas campanhas de conscientização sobre os malefícios da combinação álcool e direção e sobre a importância de doar sangue para salvar vidas.

O diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, disse que, para evitar que os índices de mortes e pessoas lesionadas aumentem, o órgão vai intensificar as fiscalizações, em período de 24h, até o dia 2 de janeiro. Ele explica que a campanha “Não transforme o fim de ano em fim da vida”, que chama a atenção da sociedade com os painéis e carros nos acidentes, deve ficar durante todo o mês de janeiro.

Ele informa que, em 2016, mais de 280 pessoas morreram vítimas de acidente de trânsito na capital, sendo a maioria delas jovens. O número é 13% menor em relação ao ano passado, mas a proposta é, segundo ressalta o titular do Detran-AM, reduzir ainda esse índice. “Todos devemos ter consciência para não sermos imprudentes no trânsito, e aquelas pessoas que vão dirigir, tenham cuidado e não andem alcoolizadas. Da mesma forma, evitem o uso de celular, pois ele tem sido o grande vilão ultimamente. Queremos que todos possam ter mais comemorações de Ano Novo e não interrompam suas vidas em uma noite”.

Infrações

Entre as infrações mais frequentes até o final de novembro deste ano, está o uso de celular por condutores de veículos. Ao todo, foram mais de 20 mil pessoas autuadas cometendo esse tipo de infração. A segunda infração mais recorrente é conduzir veículo sob o efeito de álcool, com 6.241 pessoas multadas. Em terceiro lugar, com 4.987 pessoas autuadas, está a condução de veículos sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Sensibilização

Enquanto o Detran-AM trabalha sensibilizando os motoristas sobre o respeito às leis de trânsito, a Fundação Hemoam atua para sensibilizar a população para o ato de doar sangue.

O diretor em exercício da Fundação Hemoam, Rodrigo Leitão, explica que o Hemocentro tem como desafio incentivar a doação de sangue e aumentar a captação de doadores para garantir a segurança transfusional do Estado do Amazonas. “Entendemos que nesta época do ano há uma queda no estoque de sangue devido às festas natalinas e de Ano Novo, porém nós precisamos manter a participação da sociedade para que não falte sangue nas unidades de saúde do Estado”, ressalta o diretor.

Coleta de sangue

A Fundação Hemoam funciona de segunda a sexta-feira, no horário das 7h às 18h. No dia 31 (véspera de ano novo), funcionará das 7h às 12h. Os interessados em doar sangue também podem comparecer no posto de coleta da Maternidade Ana Braga, na Alameda Cosme Ferreira, bairro São José, zona leste, com atendimento de segunda a sexta, das 8h às 13h30.

Para doar é obrigatória a apresentação de documento oficial com foto no ato da doação. Indivíduos com idade a partir de 16 anos podem doar sangue se acompanhados pelos responsáveis. Para doar sangue, também é necessário estar bem alimentado e evitar o consumo de alimentos com excesso de gordura no dia da doação.

As pessoas que desejarem doar sangue podem obter mais informações ou tirar dúvidas por meio do telefone da Fundação Hemoam: 3655-0140.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.