Publicidade
Manaus
ATENDIMENTO

Detran-AM enfrenta críticas de usuários na inauguração de nova sede em Manaus

Como as 212 lojas dos despachantes e o estacionamento dos funcionários do Detran-AM vão continuar no local de origem, o acesso tende a complicar 08/05/2018 às 10:12
Show detran am
Diretor do Detran disse ontem que prédio pode servir de sede por até uma década (Foto: Nelson Brilhante)
Nelson Brilhante Manaus (AM)

Depois de 39 anos na primeira sede própria, o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) evitou o pior e, desde ontem, está em novo endereço, alugado. Com o prédio próprio correndo risco de desabar, o Governo do Estado decidiu alugar outro, na mesma via (avenida Mário Ypiranga Monteiro), no bairro Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul de Manaus, onde funcionava uma revendedora de automóveis.

Como as 212 lojas dos despachantes e o estacionamento dos funcionários do Detran-AM vão continuar no local de origem, o acesso tende a complicar. Entre o antigo e o novo prédio existe a avenida Darcy Vargas. Para chegar de um ponto ao outro é preciso atravessar a via, passando por baixo do viaduto Miguel Arraes, onde existe apenas uma faixa de pedestre.

“É um local completamente inadequado para um órgão que atende a milhares de pessoas. Não tem condição de melhorar o funcionamento. Se quiserem aliviar um problema e criar outro, eles têm que colocar um semáforo. Vai ajudar os pedestres e nós atravessarmos. Por outro lado, vai parar o trânsito”, reclamou o ex-presidente do Sindicato dos Despachantes, Jorge Medeiros, 50, que atua há mais de 25 anos no ramo.

Melhor possível

Opinião contrária, tem o diretor-presidente do Detran-AM, Vinícius Diniz. “A localização é a melhor possível. O trânsito está parado, mas não na rua do Detran. No outro prédio era um engarrafamento terrível. Tínhamos onze vagas para visitantes, aqui, temos sessenta e duas. A sede antiga não tinha as mínimas condições de trabalho. Os funcionários viviam doentes e a população não tinha um serviço de excelência. Agora, o atendimento ao público é somente num andar. Ficou mais fácil para achar os serviços”, declarou o dirigente.

Presente na inauguração, o governador Amazonino Mendes declarou que o Detran é um órgão muito importante na vida de uma cidade e que precisava ser melhorado. “O Detran antigo estava horrível, inclusive, de perigo de incêndio. Estava muito grave. De tal sorte que o momento é de muita alegria para nós hoje”, comentou ele.

Sede própria

Indagado se novo local onde será a sede permanente do órgão, o diretor Diniz desconversou: “Não há nada certo, nesse sentido. No local que inauguramos hoje (ontem) podemos ficar até por mais de dez anos, sem problemas. Ainda tem muito tempo para pensarmos em outro local”.

Sobre o antigo imóvel, ele disse que o prédio será desativado, mas que a área externa servirá para estacionamento dos veículos dos funcionários e pista para provas de direção de motociclistas.

Há cinco anos, a Defesa Civil do Estado e o Corpo de Bombeiros, depois de uma inspeção, determinaram a imediata desocupação do local por correr risco de desabamento. O valor do aluguel do novo espaço não foi informado.

Espaço amplo, com 4 mil m²

A nova sede tem quatro mil metros quadrados de área construída, abrigando, no mesmo espaço, todos os setores do órgão, além dos serviços de despachantes, cartórios, guichês da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM) e empresas de cartão de crédito.

Chuva de críticas

A universitária Aline de Jesus, 24, foi ontem receber sua nova Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e sentiu o efeito de uma mudança de endereço. “Foi uma bagunça. O próprio pessoal do Detran não sabia onde era o serviço. Até entendo, mas o pior foi não divulgarem na mídia a troca de endereço. Fomos para um lado e era para outro”, reclamou a estudante.

“Vim fazer uma reciclagem, cheguei nove e meia da manhã e estou saindo agora, meio-dia. Faltou mais divulgação sobre o novo endereço. Deixei minha moto no antigo prédio porque não sabia que tinha mudado”, relatou o motorista Moisés Ferreira Soares, 27.

“O atendimento está um caos. Acho que faltou mais planejamento. Toda mudança tem que ser feita de forma gradual e muito bem planejada para evitar tumulto”, orientou o militar Paulo Garcia, 59, que estava na fila de espera para ser atendido.

Estreia com acidente

Poucas horas após a inauguração, a busca pela nova sede do Detran-AM provocou um acidente automobilístico bem em frente ao portão de entrada. Um motociclista, acompanhado da namorada, que vinha na avenida Mário Ypiranga, sentido bairro-Centro, tentou ultrapassar três pistas e acabou sendo atingido pelo veículo de placa NOV-6310.

A motorista do carro, que não quis se identificar, disse que fez o que pôde para evitar o choque. “Não vi ele atravessando a pista em direção ao Detran. Aliás, nem sabia que aqui era o novo Detran. A sorte é que eu vinha devagar”, relatou.

O motociclista também não quis se identificar, mas admitiu que estava errado ao passar do lado direito da avenida para o lado oposto. “Achei que dava, mas apareceu esse carro. Vim para regularizar minha moto e deu nisso. Quase perco a moto e namorada”, referindo-se à acompanhante, que sofreu ferimentos leves e um machucado no tornozelo. O socorro de um amigo chegou antes da ambulância solicitada.

Publicidade
Publicidade