Publicidade
Manaus
NOVIDADE

Detran-AM implanta biometria nas aulas de legislação das autoescolas

Com a biometria, as autoescolas podem repassar a frequência dos alunos ao Detran com maior agilidade, reduzindo o tempo de até duas semanas para até três dias 22/10/2018 às 09:49
Show biometria 552e63f9 970c 45cb a621 923bac1fe9e8
(Foto: Reprodução/Internet)
acritica.com Manaus (AM)

As aulas de legislação para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) agora contam com um sistema de biometria para dar agilidade na realização das provas e evitar fraudes no controle das frequências. Desde setembro, o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) disponibilizou a biometria aos Centros de Formação de Condutores (CFCs), as chamadas autoescolas.

Com a biometria, as autoescolas podem repassar a frequência dos alunos ao Detran com maior agilidade, reduzindo o tempo de até duas semanas para até três dias. Até agora, as autoescolas precisavam organizar a frequência de maneira manual antes de enviá-la para a Controladoria Regional de Trânsito (CRT), demorando mais tempo para a marcação das provas.

Segundo o diretor técnico do Detran, Rodrigo de Sá, a modernização deste processo também tem o objetivo de combater as irregularidades que acontecem nas aulas teóricas e formar condutores mais conscientes no trânsito.

“Quem comete fraudes, com o intuito de obter facilidades, vai continuar querendo burlar o sistema. Muitas vezes o cidadão quer um atalho para conseguir ou concluir algum processo que pode ser até um tanto quanto burocrático, mas necessário. Contra isso, buscamos fazer um trabalho de excelência, utilizando metodologias que evitem ou dificultem qualquer tipo de irregularidade, além é claro de dar maior celeridade ao processo para obter a primeira habilitação com a redução do tempo de espera para realização da prova”, afirmou Sá.

Procedimento

Quem vai iniciar o processo de obtenção da primeira habilitação deve procurar a autoescola de preferência e preencher um formulário que será protocolado e enviado ao Detran. O departamento checa as informações, insere os dados no sistema para que a gerência valide esses dados e realiza a coleta da biometria. Depois desses passos, todo o processo passa a ser realizado pelo centro de formação.

A integração do Detran-AM com as autoescolas já havia começado com o início do processo para obter a primeira habilitação direto nos CFCs, a mudança de controle da prova de legislação e entrega da CNH pelos centros de formação, descentralizando as atividades das unidades do departamento de trânsito.

Em Manaus, mais de 40 centros de formação já aderiram à sistemática. Quando o sistema estiver em todos os CFCs da capital, haverá a expansão para as cidades metropolitanas e demais municípios do interior do Estado.

Publicidade
Publicidade