Publicidade
Manaus
PROCURA-SE

Detran-AM procura proprietários de 68 motocicletas roubadas e apreendidas

Veículos foram apreendidos entre os meses de janeiro e setembro durante operações de fiscalização 20/10/2017 às 17:40 - Atualizado em 20/10/2017 às 18:33
Show show 21  1
As verificações para identificação poderão ser feitas a partir da próxima quarta-feira (25) no Núcleo Especial de Operações de Trânsito (NEOT). Foto: Euzivaldo Queiroz
Lívia Anselmo Manaus (AM)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) está a procura dos proprietários de 68 motocicletas recuperadas a partir de operações de fiscalização realizadas no período de janeiro a setembro deste ano. As verificações para identificação poderão ser feitas a partir da próxima quarta-feira (25) no Núcleo Especial de Operações de Trânsito (NEOT), localizado no complexo administrativo da Avenida Mário Ipiranga, Adrianópolis, Zona Centro Sul.

Diretor presidente do órgão, Vinicius Diniz, recomenda que as pessoas que tiveram os veículos roubados nos últimos nove meses procurem o NEOT, que funciona de 8h às 14h. Normalmente, o núcleo funciona de terça-feira a sexta-feira, no entanto, com feriado do aniversário de Manaus na próxima terça (24), as identificações só poderão ser realizadas a partir de quarta-feira (25)..

No total, foram apreendidos 78 veículos, no entanto, 10 deles estavam com restrição de roubo. De acordo com Diniz, os 68 restantes estavam com placas clonadas, o que impossibilitou a identificação dos proprietários. “Apenas dez motocicletas estavam com restrição de roubo no sistema. Nesses casos já notificamos os proprietários para que venham resgatar seu veículo”, informou.

Para comprovar a propriedade das motocicletas que estavam com restrição de roubo e que o departamento já notificou é preciso comparecer ao órgão com o Certificado de Registro de Veículo (CRV), comprovante de identidade e CPF.

Já os casos em que as placas foram clonadas, o Detran informou que a identificação deverá ser feita por meio do dono que irá apontar modelo, a marca, a cor e o ano de fabricação e a conferência final deve ser feita pelo chassi do automóvel.  

Um roubo a cada 57 minutos em Manaus

O número pode ser considerado pequeno uma vez que, conforme informou o Portal A Crítica no começo de outubro, somente no primeiro semestre foram registrados 5.316 casos de furtos e roubos de motocicletas. Isso significa dizer que a cada 57 minutos uma motocicleta é roubada, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM).

Na época, a delegada adjunta Sansha Sodré, da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), informou que a principal destinação das motocicletas furtadas e roubadas na capital ainda é o desmanche. “Os autores (dos crimes) roubam e furtam para subtrair suas peças e vendê-las. Mas muitas dessas motos também são enviadas para o interior e outros estados da Federação, principalmente o Pará”, disse.

Publicidade
Publicidade