Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
Manaus

Dez presos que foram liberados no Natal ainda não retornaram para os presídios

De acordo com o secretário adjunto da Sejus, Coronel Bernardo Encarnação, as providências deverão ser tomadas após o recesso natalino



1.jpg UPP
26/12/2012 às 16:57

Dez presos já são considerados pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus) como foragidos. Isso, porque, 189 detentos foram liberados provisoriamente por uma portaria do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) para passar o natal com a família (das 13h do dia 24 até às 13h do dia 25), mas apenas 179 retornaram.

De acordo com o secretário adjunto da Sejus, Coronel Bernardo Encarnação, as providências deverão ser tomadas após o recesso. “A partir do dia 7 de janeiro, a diretoria da unidade prisional deverá comunicar a Vara de Execução Penal. O juiz, então, poderá decidir pelo regime fechado”, explicou ele, dizendo que nestes casos não cabe o aumento da pena.



O restante dos detentos que foram liberados possui datas distintas de retorno para as respectivas unidades. Só haverá um balanço a partir do dia 2 de janeiro. De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), Márcio Meirelles, todos os presos serão monitorados pelos órgãos de segurança, incluindo a Polícia Militar e Civil. Segundo ele, a Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) também acompanhará os presos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.