Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
CAÇA CONTINUA

Dezenas de pessoas 'invadem' praça Dom Pedro II em busca de pokémons na capital

Praça Dom Pedro II, no Centro, se tornou ginásio de batalhas e posto de "pokébolas". Local reuniu multidão em busca de personagens por meio do aplicativo de realidade aumentada, o "Pokémon Go"



pokemon1.JPG Jovens se reuniram para caçar pokémons no Centro (Foto: Evandro Seixas)
14/08/2016 às 20:44

Enquanto a maioria das pessoas aproveitou o domingo (14) para passear, namorar e comprar produtos artesanais na Feira do Paço, na praça Dom Pedro II, Centro, dezenas de jovens circulavam com os olhos voltados na tela do celular concentrados em “outro mundo”. Eles estavam num mundo virtual caçando pokémons pelo jogo “Pokemón Go”.

Para os adeptos do game, a praça foi um local ideal para a caçada dos personagens durante a tarde. Isso porque o espaço se tornou num ginásio para batalhas e ponto de sete “pokestops”, onde os caçadores recarregam as pokébolas usadas para capturar os pokémons. Distraídos, os jovens se espalharam pelos bancos da praça e ao redor do monumento.



O designer Willian Hendz, 28, e mais cinco amigos se encontraram na praça para caçar pokémons na tarde deste domingo. “Eu sou apaixonado pelo jogo desde 1995 e agora com o lançamento do jogo no início do mês, estou amando a caçada”, disse.

O amigo de Willian, o físico Eric Fabian da Silva, 28, também compartilha da mesma opinião. “Quando aparece um Pokémon o celular vibra e a gente tira do bolso e caça o monstrinho”, explicou Eric.

No entanto, embora mergulhem em outro universo, os dois dizem que não costumam fazer a caçada em via pública por medidas de segurança, e que aproveitam espaços como o de hoje, onde há a movimentação de muitas pessoas.

Pokémon GO

A caçada aos pokémons virou febre em Manaus e a cada dia o jogo vem ganhando adeptos que estão por todos os lugares. Para jogar, basta ter um smartphone ou iPhone e baixar o aplicativo gratuitamente e se tornar um caçador. As criaturas virtuais estão espalhadas em parques, paredes, monumentos, calçadas e em todos esses lugares é comum encontrar “caçadores” distraídos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.