Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
AUXÍLIO

'Dia D' de serviços da Defensoria Pública atende 2,5 mil pessoas em Manaus

Mutirão de serviços aconteceu na Arena da Amazônia e prestou atendimentos em diversas áreas Saúde, Idoso, Consumidor e Defesa da Mulher



arena_6E62BC9E-744E-45F3-9AFB-FE60E2F7B244.jpg Foto: Divulgação
24/05/2019 às 14:29

Os aposentados Aloísio de Souza Carvalho, 72, e Maria Madalena Palheta da Silva, 71, aproveitaram o mutirão “O Dia D” realizado pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), na Arena da Amazônia, para oficializar o bem sucedido relacionamento que já dura 38 anos. Eles fizeram nesta sexta-feira (24) o reconhecimento de união estável e estão entre as cerca de 2,5 mil pessoas atendidas nos dois dias da ação especial, que iniciou na quinta-feira, (23). Para o defensor público geral do Estado, Rafael Barbosa, a intensa procura pelos serviços disponibilizados na ação é uma prova de que “fortalecer a Defensoria é fortalecer o povo do Amazonas”.

O casal Aloísio e Maria Madalena está junto desde 1981 e, agora, depois de já ter criado os dois filhos, decidiu regularizar a união. “Estamos felizes. Agora vai depender do Aloísio decidir casar. Tem tantos velhinhos casando hoje em dia né?”, disse Maria Madalena, que amanhã comemora seu aniversário de 72 anos. “Nunca vamos esquecer desse dia. Ficou marcado. Ficamos muito felizes pelo tratamento que tivemos, como fomos tratados com humildade. A gente se sente reconhecido, valorizado”, afirmou Aloísio.



O Dia D da Defensoria Pública foi o mutirão de atendimentos promovido em alusão ao dia 19 de maio, quando se celebra o Dia do Defensor Público. A ação reuniu defensores de diferentes áreas de atuação, além de órgãos parceiros.

“O objetivo da Defensoria Pública é servir a população e, quando nos deparamos com casos como o de Aloísio e Maria Madalena, ficamos extremamente realizados, pois o casal convive com o objetivo de constituir uma família desde 1981 e, agora, em 2019, finalmente, conseguiram regularizar a situação de fato. A alegria e realização deles é a nossa!”, disse a defensora pública Carolina Carvalho, que prestou atendimento ao casal.

O defensor geral Rafael Barbosa fez um balanço positivo da ação e disse que a população sempre surpreende, porque imagina que a Defensoria do Amazonas cresceu, que está mais estruturada e que esse atendimento especial vai ter uma procura reduzida, mas a intensa busca pelo mutirão “O Dia D” comprovou que o dia a dia precisa ser mais fortalecido para atender o tamanho da necessidade da população.

“O povo do Amazonas precisa e muito da Defensoria e a instituição ainda pode ajudar e muito a população do nosso Estado. Há os casos mais complexos, claro, mas muitas vezes são problemas simples, que a gente pode conversar, mandar um ofício para uma repartição pública, para alguma outra instituição resolver o problema daquela pessoa. Então percebo que, cada vez mais, fica evidente que fortalecer a Defensoria é fortalecer o povo do Amazonas, é dar a esse povo um fio de esperança. A procura da população pelos dois dias de evento significa a necessidade do povo e a confiança que ele tem na Defensoria”, avalia.

A atendente Tatiana de Freitas Vilhena, 22, também confiou na Defensoria e conseguiu dar entrada no ´pedido de pensão alimentícia para seu filho mais novo, de apenas 3 meses, e fazer a retificação do registro de nascimento da filha mais velha, de 5 anos, para que ela seja reconhecida pelo pai biológico e também possa ser beneficiada por pensão alimentícia.

“Agora é só ligar para o Disk 129 da Defensoria para eu acompanhar depois o andamento do processo. Achei muito bom o atendimento, porque consegui resolver os dois problemas”, afirmou Tatiana.

Serviços

Durante os dois do mutirão de atendimentos denominado “O Dia D” foram oferecidos serviços jurídicos para cidadãos com renda familiar de até cinco salários mínimos, ou renda pessoal de até três salários mínimos. A Defensoria prestou atendimento jurídico e orientação nas áreas de Saúde, Consumidor, Idoso, Defesa da Mulher, Criança e Adolescente, Direitos Humanos, Previdência, Violência Obstétrica, Criminal, Auditoria Militar, questões relacionadas à Lei Maria da Penha, Mediação, Registros Públicos, Sucessões, Divórcio, Guarda, Reconhecimento/Dissolução de União Estável, Ambiental, Fundiário, entre outros. 

“O Dia D” ainda contou com serviços em parceria com outros órgãos, entre eles, as secretarias de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Saúde (Susam), Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Cultura (SEC), Polícia Civil, Fundação Hemoam, Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), Águas de Manaus e Amazonas Energia. Também foi disponibilizada a solução de demandas da área da Saúde, em parceria com a Susam e o TJ-AM, e da área do Consumidor, em parceria com as concessionárias de água e energia elétrica, Águas de Manaus e Amazonas Energia, respectivamente.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.