Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
Manaus

Dia Mundial da Saúde contará com mobilização em Manaus

Evento organizado pela Prefeitura de Manaus, será realizado na Ponta Negra e pretende coletar 100 mil assinaturas em apoio a projeto de iniciativa popular



1.jpg ‘Saúde+10’ aproveitará a faixa liberada da Ponta Negra para mobilizar população
04/04/2013 às 09:14

O Dia Mundial da Saúde será comemorado na Ponta Negra pela Prefeitura de Manaus, domingo, a partir das 8h, também com um chamado para que população participe do Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública, o “Saúde+10”.  Segundo o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, todas as 12 cidades que serão as sedes da Copa do Mundo de 2014 estarão simultaneamente, em todo o País, realizando eventos de incentivo à prática de atividades físicas e à alimentação saudável, com o tema “Viver com saúde é uma grande vitória”, além da adesão popular ao movimento.

O Saúde+10 é um movimento popular que tem o objetivo de coletar 1,5 milhão de assinaturas em todo do Brasil, sendo 100 mil em Manaus, para levar à Câmara Federal um projeto de lei de iniciativa popular que assegure o repasse efetivo e integral de 10% das receitas correntes brutas da União para o Sistema Único de Saúde (SUS). “Já trabalhamos no teto máximo da saúde. O obrigatório por lei é de 15% e Manaus já investe 21% do seu orçamento na saúde. Queremos ter o repasse de mais 10% do Governo Federal para que possamos oferecer uma saúde de qualidade à população com mais investimentos em novas unidades e estrutura”, ressaltou Evandro.



O secretário explicou que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) aderiu ao abaixo-assinado e está coletando assinaturas na rede municipal.

O evento do Dia Mundial da Saúde está sendo organizado pelo Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Semsa, em parceria com as secretarias municipais de Cultura, Esporte e Lazer, Meio Ambiente, Trânsito, da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Faculdade Martha Falcão, Ciesa, grupo Pedala Manaus, Polícia Militar e Exército.

Uma das metas da Prefeitura de Manaus no evento, segundo Evandro Melo, é também realizar ações de sensibilização para a necessidade de se reduzir o impacto que Doenças Crônicas Não Transmissíveis, como hipertensão e diabetes, têm entre a população. “Tanto hipertensão quanto diabetes são doenças que podem ser evitadas e controladas, mas isso depende de ações como o controle da obesidade, da prática de atividade física e de uma alimentação saudável”, destaca Evandro Melo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.